Busca avançada
Ano de início
Entree

Microencapsulação como ferramenta para produzir alimentos extrusados funcionais

Processo: 17/19018-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 15 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 26 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Carmen Sílvia Fávaro Trindade
Beneficiário:Carmen Sílvia Fávaro Trindade
Anfitrião: Osvaldo Hector Campanella
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Local de pesquisa : Purdue University, Estados Unidos  
Assunto(s):Proantocianidinas   Extrusão (tecnologia de alimentos)   Cereais   Microencapsulação

Resumo

Extrusão a alta tensão de cisalhamento é uma tecnologia empregada na produção de diversos alimentos, como cereais matinais e snacks, e tem inúmeras vantagens, tais como versatilidade, baixo custo, alta produtividade, pouca geração de efluentes e ser uma tecnologia limpa. Todavia, o emprego de ingredientes alimentícios sensíveis em misturas para esses processos de extrusão permanece um desafio, em razão da alta temperatura e tensão de cisalhamento empregadas. A microencapsulação é uma técnica que vem sendo empregada com êxito para proteção de ingredientes alimentícios durante o processamento de alimentos, logo, pode ser uma alternativa para produção de alimentos funcionais preparados em extrusoras que operem com alta tensão de cisalhamento, tais como os cereais matinais. Em vista do exposto, o objetivo deste projeto será produzir cereais matinais enriquecidos com extrato rico em proantocianidinas nas formas livre e encapsulado, para efeito de avaliação da eficiência do processo de encapsulação em prover proteção durante a extrusão a esses bioativos. Para o desenvolvimento desse projeto pretende-se unir as competências da solicitante e do supervisor, em microencapsulação e extrusão, respectivamente, bem como as estruturas para produção de microcápsulas, instalada na Universidade de São Paulo, e para produção dos cereais matinais e sua avaliação estrutural, da Purdue University. A execução desse projeto abre uma frente de pesquisa pouco explorada pela academia, que poderá render inúmeras colaborações Brasil/EUA, além disso, há potencial para transferência de tecnologia entre as universidades envolvidas no estudo e indústrias do ramo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.