Busca avançada
Ano de início
Entree

Pacientes vítimas de abuso sexual com transtorno de estresse pós-traumático: aplicabilidade da psicoterapia interpessoal

Processo: 16/22584-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Marcelo Feijó de Mello
Beneficiário:Cecília Roberti Proença
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/12559-5 - Transtorno de estresse pós-traumático e neuroprogressão: novas abordagens na compreensão do efeito da violência no funcionamento mental, AP.TEM
Assunto(s):Psicoterapia   Transtornos de estresse pós-traumáticos   Delitos sexuais   Mulheres

Resumo

INTRODUÇÃO: Em torno de 18% das mulheres sofrem abuso sexual ao longo de suas vidas. Destas, quase metade evolui nos meses seguintes ao trauma com sintomas de estresse pós-traumático. Poucos estudos avaliam intervenções psicoterápicas em pacientes com TEPT de forma sistematizada. Atualmente, a Terapia de Exposição, uma técnica de terapia cognitivo-comportamental, é considerada o tratamento mais efetivo para esses casos, porém, este tipo de abordagem tem limitações, como altas taxas de abandono. Foi proposto que uma técnica de terapia como a Terapia Interpessoal (TIP) adaptada para casos de TEPT (por John Markowitz) poderia ter resultados satisfatórios, com maior aderência ao tratamento. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar a aplicabilidade da TIP no tratamento de mulheres com diagnóstico de Transtorno de Estresse Pós-traumático (TEPT), vítimas de abuso sexual. MATERIAL E MÉTODO: Este estudo será realizado dentro de um estudo de coorte de pacientes que desenvolveram TEPT após situação de abuso sexual recente, comparadas a um grupo controle de indivíduos saudáveis, sem história de trauma, que serão acompanhadas durante um ano. Neste período, as pacientes com diagnóstico de TEPT participarão de um ensaio clínico randomizado, em que receberão tratamentos padronizados (com Sertralina ou TIP). Amostra: Subamostra randomizada de 20 pacientes do estudo de coorte tratadas com TIP-TEPT será analisada. A TIP será aplicada por quatro psicoterapeutas, com base no manual "TIP-TEPT" de John Markowitz - "Treatment Manual: IPT for PTSD" - (reproduzido com a permissão do autor). As sessões serão supervisionadas por psicoterapeutas experientes e serão gravadas, para certificar que a técnica foi aplicada de forma adequada. Instrumentos: Os instrumentos a seguir serão utilizados para auxiliar a confirmação do diagnóstico de TEPT e para avaliar a evolução dos sintomas: Mini Entrevista Neuropsiquiátrica Internacional (Mini International Neuropsychiatric Interview- MINI), Escala de TEPT administrada por clínicos (Clinician-Administered PTSD Scale -CAPS), Questionário sobre qualidade de vida (The World Health Organization Quality of Life - WHOQOL), Inventário de Beck de Depressão (Beck Depression Inventory-BDI), Inventário de Beck de Ansiedade (Beck Anxiety Inventory-BAI), Impressão Clínica Global (Clinical Global Impression- CGI). RESULTADOS: Avaliar a adesão à TIP, com base no número de pacientes concluíram o tratamento, faltas e taxas de abandono. Avaliar a evolução dos sintomas de TEPT, sintomas depressivos e ansiosos, a qualidade de vida e impressão clínica global das pacientes ao longo do tratamento. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PROENCA, CECILIA R.; MARKOWITZ, JOHN C.; PRADO, EUTHYMIA A.; BRAGA, ROSALY; COIMBRA, BRUNO M.; MELLO, THAYS F.; MACIEL, MARIANA R.; PUPO, MARIANA; POVOA, JULIANA; MELLO, ANDREA F.; MELLO, MARCELO F. Attrition in Interpersonal Psychotherapy Among Women With Post-traumatic Stress Disorder Following Sexual Assault. FRONTIERS IN PSYCHOLOGY, v. 10, SEP 13 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.