Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos do acúmulo lipídico oocitário na obesidade

Processo: 17/19825-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Felipe Perecin
Beneficiário:Maite Del Collado Barrondo
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08135-2 - CTC - Centro de Terapia Celular, AP.CEPID
Assunto(s):Metabolismo energético   Biotecnologia da reprodução   Obesidade   Lipofagia

Resumo

Ambientes metabolicamente alterados repercutem negativamente na qualidade do complexo cumulus-oócito (COC). Durante a obesidade, os parâmetros metabólicos do líquido folicular apresentam-se alterados acarretando no excessivo acúmulo lipídico nos COCs. No entanto, ainda é desconhecido o mecanismo pelo qual este acúmulo se estabelece. Além do acúmulo lipídico, sabe-se também que a obesidade causa disfunção mitocondrial e do retículo endoplasmático nos COCs. Até o presente momento, não existem estudos que determinem em qual momento e em que local estas alterações se originam, tampouco o consequente impacto sobre os COCs. O objetivo do presente trabalho é investigar os possíveis mecanismos pelos quais o oócitos acumulam lipídeos na obesidade. O Experimento 1 terá como objetivo determinar e comparar o estoque lipídico nas células do cumulus e oócitos durante a fase final da maturação oocitária em camundongas obesas e controle. No Experimento 2 serão estudados quatro possíveis mecanismos de acúmulo lipídico nos COCs de folículos pré-ovulatórios e em oócitos ovulados de camundongas obesas e controle, que são: (1) o aumento da síntese e do acúmulo de lipídeos no COC; (2) a diminuição da B-oxidação; (3) o transporte de ácidos graxos a partir das células do cumulus até o oócito via proteínas carreadoras de ácidos graxos (FABP) e projeções transzonais (TZPs); e (4) a deficiência da lipofagia no COC. Por último, no caso de detectarmos um aumento da expressão de alguma das FAPBs nas células do cumulus de camundongas obesas, será realizado um terceiro experimento (Experimento 3), com o objetivo de imunolocalizar a FABP nas TZPs e estudar tanto o acúmulo lipídico como a dinâmica de expressão da FABP em diferentes momentos da maturação oocitária em camundongas obesas e controle. Os resultados obtidos no presente projeto devem possibilitar a compreensão, através de um modelo de distúrbio metabólico - obesidade, dos mecanismos atuantes na formação dos estoques lipídicos intra-oocitários. Em última instância, isso deve levar ao desenvolvimento de estratégias para atenuação dos efeitos negativos do acúmulo lipídico oocitário sobre a fertilidade.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDRADE, GABRIELLA MAMEDE; DEL COLLADO, MAITE; MEIRELLES, FLAVIO VIEIRA; DA SILVEIRA, JULIANO COELHO; PERECIN, FELIPE. Intrafollicular barriers and cellular interactions during ovarian follicle development. ANIMAL REPRODUCTION, v. 16, n. 3, p. 485-496, JUL-SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
GABRIELLA MAMEDE ANDRADE; MAITE DEL COLLADO; FLÁVIO VIEIRA MEIRELLES; JULIANO COELHO DA SILVEIRA; FELIPE PERECIN. Intrafollicular barriers and cellular interactions during ovarian follicle development. Animal Reproduction, v. 16, n. 3, p. 485-496, Set. 2019.
DEL COLLADO, MAITE; ANDRADE, GABRIELLA MAMEDE; MEIRELLES, FLAVIO VIEIRA; DA SILVEIRA, JULIANO COELHO; PERECIN, FELIPE. Contributions from the ovarian follicular environment to oocyte function. ANIMAL REPRODUCTION, v. 15, n. 3, p. 261-270, JUL-SEP 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.