Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise cladística da família Dasydytidae (Gastrotricha: Chaetonotida) e contribuição para o aumento de sequências de gastrótricos no banco de dados genético GenBank

Processo: 17/20312-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:André Rinaldo Senna Garraffoni
Beneficiário:Axell Kou Minowa
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/23856-0 - Reconstrução filogenética de Gastrotricha baseada em dados moleculares e morfológicos, AP.BTA.JP
Assunto(s):Perifiton   Meiofauna   Água doce   Filogenia

Resumo

Gastrotricha é um filo de microinvertebrados aquáticos comumente encontrados em ambientes aquáticos dulcícolas e marinhos do mundo todo. Apesar de serem abundantes, este táxon não é muito conhecido, possivelmente pelo seu diminuto tamanho e fragilidade de seus corpos. A grande maioria dos gastrótricos apresentam hábitos de vida bentônico, seja ela associada ao sedimento ou ao perifíton. A exceção a esse hábito é visto em espécimes da família Dasydytidae, um grupo que contém raros organismos que desenvolveram o hábito de vida semi-planctônico. Apesar dos poucos estudos de cunho filogenético, a hipótese mais aceita é que o táxon seja monofilético. Contudo, as relações de parentes entre os 7 gêneros de Dasydytidae, e suas respectivas monofilias, praticamente nunca foram testadas sob um viés filogenético. Assim, o objetivo do presente estudo é elucidar a relação filogenética das 32 espécies de Dasydytidae baseado em dados morfológicos, além de testar a monofilia dos 7 gêneros. Além disso, pretende-se realizar coletas em novas localidades, descrever formalmente o morfótipo de Dasydytidae descoberto anteriormente (Processo FAPESP Nº2015/25066-0) e sequenciar os genes mitocondrial COI e os ribosomais 18S e 28S desse novo morfótipo, bem como da espécie recém descrita Haltydites pseudosquamatus Minowa & Garraffoni, 2017. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MINOWA, AXELL K.; GARRAFFONI, ANDRE R. S. Redescription of the dasydytid gastrotrich Haltidytes ooeides (Brunson, 1950) based on type material. ZOOKEYS, n. 785, p. 41-48, SEP 19 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.