Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial anti-Candida não-albicans de frações do extrato metanólico de Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland incorporados e não incorporados em sistema nanoestruturado

Processo: 17/18435-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Taís Maria Bauab
Beneficiário:Laura Caminitti de Lima
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Candidíase vulvovaginal   Capim dourado   Extratos vegetais   Candida   Biofilmes   Microbiologia

Resumo

Espécies leveduriformes do gênero Candida são os principais causadores de doenças oportunistas e potencialmente prejudiciais à saúde do homem com destaque a C. albicans, C. krusei, C. tropicalis, C. glabrata e C. parapsilosis. Possuem mecanismos de virulência de grande complexidade como a formação de biofilmes, os quais geram dificuldades no tratamento da doença como, a candidíase vulvovaginal (CVV). O Syngonanthus nitens vem mostrando-se importante no controle de espécies de Candida, e aplicável na terapêutica da CVV em estudos do nosso grupo de pesquisa utilizando o extrato metanólico de escapos. Pelos benefícios apresentados por esta espécie vegetal, é relevante aplicar ferramentas que propiciam aumento dos parâmetros biodisponívies da mesma, como a incorporação do extrato vegetal em uma plataforma nanotecnológica de liberação de fármacos como os carreadores lipídicos. Este trabalho objetiva avaliar o comportamento do extrato metanólico de escapos de S. nitens e cinco frações isoladas na forma não incorporada e incorporada em um sistema lipídico nanoestruturado na investigação da potencialidade antifúngica frente a C. krusei, C. tropicalis, C. glabrata e C. parapsilosis de origem clínica e ATCC com perfil de resistência aos azois. Será avaliada a capacidade inibitória desses derivados vegetais em biofilmes monotípicos e heterotípicos relacionados com a CVV, e a atividade antifúngica será determinada por microdiluição. A fração vegetal que apresentar melhor atividade será incorporada no carreador lipídico. Espera-se contribuir com a aplicabilidade do extrato vegetal de S. nitens no combate a espécies de Candida que vem aumentando sua frequência em casos de CVV, assim como verificar a possível aplicação no controle ou inibição dos biofilmes produzidos por estes micro-organismos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE LIMA, LAURA C.; RAMOS, MATHEUS A. S.; DE TOLEDO, LUCIANI G.; RODERO, CAMILA F.; HILARIO, FELIPE; DOS SANTOS, LOURDES C.; CHORILLI, MARLUS; BAUAB, TAIS M. Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland Derivatives Loaded into a Lipid Nanoemulsion for Enhanced Antifungal Activity Against Candida parapsilosis. CURRENT PHARMACEUTICAL DESIGN, v. 26, n. 14, p. 1556-1565, 2020. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.