Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da relação entre a deformação óssea alveolar e a expressão da beta-catenina em ratos submetidos à perda dental

Processo: 17/14380-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Rossi
Beneficiário:Beatriz Carmona Ferreira Pileggi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):beta Catenina   Força de mordida   Perda de dente   Método dos elementos finitos

Resumo

Analisar a relação entre os padrões de Strain (deformação óssea) e os níveis de expressão da beta-catenina no ambiente de sobrecarga oclusal ocasionado pela perda dental em ratos adultos. MATERIAIS E MÉTODOS: Serão utilizados 24 ratos machos (Rattus norvegicus albinus), linhagem Wistar, com 2 meses de idade. Ao completarem 2 meses de idade, será realizada a extração do dente incisivo central superior (lado direito), e a eutanásia ocorrerá nos períodos 5 (n=6), 7 (n=6) e 14 (n=6) dias após o dia 0 da exodontia. No grupo controle (n=6), será mantida a dentição sem extração dental. A eutanásia ocorrerá no período de 14 dias após o dia 0 da exodontia. A cabeça de 01 rato por grupo será submetida à microtomografia computadorizada. Após a reconstrução tridimensional do crânio e da mandíbula do rato em cada grupo, a simulação computacional para análise de elementos finitos será realizada para simular uma mordida nos incisivos. Na análise de elementos finitos, serão avaliados os padrões de Strain (deformação óssea) ocorridos após aplicação da força de mordida. Logo após a eutanásia, os ratos de todos os grupos, terão sua maxila esquerda removida e separadas ao meio. As peças passarão por processamento histológico de rotina e em seguida, a marcação imunohistoquímica será realizada para marcação da expressão do anticorpo primário beta-catenina. A avaliação da expressão do anticorpo será semi quantitativa (análise qualitativa ordinal) pela atribuição de diferentes "scores", de acordo com o número de células imunomarcadas. Os resultados obtidos nas análises das deformações (Strain) serão relacionados com a análise da expressão da beta-catenina, proposta neste estudo. RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se que a mecânica e a expressão beta-catenina no osso alveolar mostre possíveis alterações provocadas no dente remanescente após a extração dental (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA, BEATRIZ CARMONA; FREIRE, ALEXANDRE RODRIGUES; ARAUJO, RAFAEL; DO AMARAL-SILVA, GLEYSON KLEBER; OKAMOTO, ROBERTA; PRADO, FELIPPE BEVILACQUA; ROSSI, ANA CLAUDIA. beta-catenin and Its Relation to Alveolar Bone Mechanical Deformation - A Study Conducted in Rats With Tooth Extraction. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 11, . (17/14380-0, 09/53839-2)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.