Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização superficial e eficácia antibiofilme no uso de digluconato de clorexidina a 0,12% sobre resinas utilizadas na confecção de restaurações provisórias contemporâneas, com e sem a aplicação de glaze fotopolimerizável

Processo: 17/11803-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Marcelo Coelho Goiato
Beneficiário:Betina Chiarelo Commar
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Prótese parcial fixa   Placa bacteriana   Resinas acrílicas   Aderência bacteriana   Estética dentária

Resumo

Durante a reabilitação com fragmentos cerâmicos, é importante o uso de provisórios, os quais são essenciais no planejamento inicial do caso, e para que se alcance o sucesso clínico e longevidade da prótese definitiva, mantendo a saúde e protegendo os tecidos dentais e periodontais e reestabelecendo funções como mastigação, estética e fonética. Deste modo, o presente estudo tem como objetivo avaliar a alteração de cor, microdureza, rugosidade, energia de superfície e eficácia antibiofilme do digluconato de clorexidina a 0,12% nas amostras de resinas de restaurações provisórias, com e sem a aplicação de glaze fotopolimerizável sobre a superfície das mesmas. Para isso, serão confeccionadas 80 amostras de resina composta de Bis-ACRIL e 80 de resina acrílica autopolimerizável (RAAQ). Metade das amostras de cada grupo será submetida ao polimento químico com glaze fotopolimerizável. Essas amostras serão posicionadas em dispositivos intra-orais que serão utilizados por 20 voluntários, de forma que, cada dispositivo irá conter quatro amostras controle (1 RAAQ sem glaze, 1 RAAQ com glaze, 1 Bis-ACRIL sem glaze, 1 Bis-ACRIL com glaze) e, quatro amostras teste tratadas com digluconato de clorexidina a 0,12% (1 RAAQ sem glaze, 1 RAAQ com glaze, 1 Bis-ACRIL sem glaze, 1 Bis-ACRIL com glaze). No decorrer do uso destes dispositivos, o grupo teste receberá tratamento com digluconato de clorexidina a 0,12% durante 7 dias. Todas as amostras serão submetidas aos ensaios de alteração de cor, microdureza, rugosidade e energia de superfície, inicialmente e após o período de tratamento, e também após este período será realizada a coleta do biofilme para posterior análise de polissacarídeos extracelulares álcali-solúveis (PEAS). Os dados quantitativos obtidos serão submetidos ao teste de aderência à curva normal, sendo aplicado teste estatístico apropriado para a comparação dos valores médios. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.