Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudbelts do Sul e Sudeste do Brasil: um arquivo geoquímico para investigação de impactos antropogênicos

Processo: 17/08987-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Química
Pesquisador responsável:Rubens Cesar Lopes Figueira
Beneficiário:Bianca Sung Mi Kim
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/17763-2 - Mudbelts do Sul e Sudeste do Brasil: implicações sobre as influências antrópicas no ambiente marinho, AP.TEM
Assunto(s):Rio da Prata   Geoquímica   Isótopos estáveis   Plataforma continental   Depocentros   Espectrometria de emissão atômica por plasma acoplado indutivamente

Resumo

A plataforma continental apresenta grande importância tanto no âmbito ambiental como no social. São responsáveis por um terço da produção primária marinha global, sendo grandes sorvedouros de carbono orgânico além de apresentarem potencial para explotação de recursos minerais. Os mudbelts são depósitos alongados de lama localizados nestes ambientes e seus padrões de formação refletem a hidrodinâmica da plataforma regional. São feições pouco conhecidas no Brasil, apresentando origem e condições de formação ainda desconhecidos. Devido a isto, este trabalho tem como objetivo caracterizar os mudbelts, verificar seu potencial como um registro de processos hidrodinâmicos e antropogênicos e gerar o primeiro inventário de metais na região. Para isso, níveis de metais, semimetais e não metais serão quantificados por ICP-OES e parâmetros geoquímicos como COT, NT, ´13C, ´15N, mineralogia e isótopos estáveis de Nd e Pb serão quantificados e qualificados também. Dessa forma, a partir dos resultados obtidos, o estudo propõe investigar as potenciais fontes de sedimento, inferir sobre diferentes processos oceanográficos existentes na região e, verificar a contribuição do Rio da Prata no transporte de sedimentos e avaliar o potencial "trapeador" de material antropogênico nestes depósitos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KIM, BIANCA SUNG MI; FRIEDMANN ANGELI, JOSE LOURENCO; LIMA FERREIRA, PAULO ALVES; DE MAHIQUES, MICHEL MICHAELOVITCH; LOPES FIGUEIRA, RUBENS CESAR. A multivariate approach and sediment quality index evaluation applied to Baixada Santista, Southeastern Brazil. Marine Pollution Bulletin, v. 143, p. 72-80, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.