Busca avançada
Ano de início
Entree

Salmonella spp em pontos críticos da cadeia de produção de hortaliças orgânicas no Estado de São Paulo: contribuição para avaliação de risco

Processo: 17/00388-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Bernadette Dora Gombossy de Melo Franco
Beneficiário:Marcelo Belchior Rosendo da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07914-8 - FoRC - Centro de Pesquisa em Alimentos, AP.CEPID
Bolsa(s) vinculada(s):18/20120-4 - Alface orgânica: efeito do tratamento pré-colheita com agente de controle biológico e condições de armazenamento pós-colheita sobre a microbiota autóctone residual e sobrevivência de Salmonella spp, BE.EP.MS
Assunto(s):Enterobacteriaceae   Microbiologia de alimentos   Hortaliças

Resumo

O consumo de hortaliças é incentivado por autoridades de saúde em todo o mundo, devido aos benefícios que proporcionam à saúde. No entanto, dados de vigilância sanitária em diversos países apontam uma crescente associação do consumo de hortaliças com surtos de enfermidades transmitidas por alimentos, causadas por vários micro-organismos patogênicos. As práticas de agricultura orgânica, como a utilização de esterco animal e a compostagem inadequada, podem aumentar a possibilidade de contaminação por micro-organismos entéricos como Salmonella spp., contribuindo para o aumento dos riscos à saúde do consumidor. Este projeto de pesquisa de mestrado tem o intuito de conhecer melhor a realidade da agricultura organica no Estado de Sao Paulo e gerar dados que possam contribuir para o melhor entendimento dos riscos microbiológicos associados ao consumo de hortaliças orgânicas, com foco em Salmonella spp. O estudo será desenvolvido em dez campos de produção de hortaliças orgânicas localizados no Estado de Sao Paulo, pesquisando-se Salmonella spp. e indicadores de contaminação fecal (Enterobacteriaceae), em amostras de fertilizantes (adubo), água de irrigação e hortaliças coletadas diretamente do solo e de hortaliças liberadas para distribuição e comercialização. As bactérias pertencentes à família Enterobacteriaceae isoladas das amostras serão submetidas à identificação (gênero e espécie) utilizando a técnica de MALDI-TOF-MS. Amostras de água de irrigação também serão submetidas à enumeração de coliformes totais e E.coli. As cepas de Salmonella isoladas das diferentes amostras serão submetidas a testes de identidade clonal (PFGE) e sorologia, como indicadores de possíveis vias de disseminação do patógeno nos campos de produção estudados. Este projeto será desenvolvido no âmbito do Food Research Center (FoRC/FAPESP/CEPID 2013/07914-8) e do projeto PROSA - Produce safety: a comparative analysis of consumer exposure to pathogens and extended spectrum ß-lactamases (ESBL) producing bacteria in different farming practices and climate zones (FAPESP/IDF-Dinamarca 2017 - submetido), e contará com o apoio da Dra. Michelle Danyluk, da University of Florida (USA) e do Dr. Issao Ishimura, da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento em Agricultura Ecológica - APTA São Roque, Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MAFFEI, D. F.; MOREIRA, D. A.; SILVA, M. B. R.; FARIA, D. B.; SALDANA, E.; ISHIMURA, I.; LANDGRAF, M.; FRANCO, B. D. G. M. Assessing the relationship between organic farming practices and microbiological characteristics of organic lettuce varieties (Lactuca sativa L.) grown in Sao Paulo, Brazil. Journal of Applied Microbiology, v. 127, n. 1, p. 237-247, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.