Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da ativação dos receptores LXRs sobre parâmetros metabólicos sistêmicos e na modulação do metabolismo de macrófagos teciduais residentes do tecido adiposo

Processo: 17/00079-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Pedro Manoel Mendes de Moraes Vieira
Beneficiário:Jéssica Aparecida da Silva Pereira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/15626-8 - Imunometabolismo em macrófagos e em Linfócitos T nas doenças inflamatórias e metabólicas, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):19/04780-7 - Fatores de transcrição AhR e LXR como alvo para o tratamento de doenças degenerativas imuno mediadas, BE.EP.DR
Assunto(s):Resistência à insulina   Obesidade

Resumo

As funções desempenhadas por macrófagos sofrem influência de fatores endógenos e exógenos que ativam ou inibem inúmeras vias de sinalização, apresentando um papel chave no elo entre as funções imunes e o metabolismo celular. O estado de ativação de macrófagos é um fator importante para o desenvolvimento de desordens metabólicas e, além disso, a presença de macrófagos em sítios distintos pode implicar em uma adaptação de suas funções para um determinado tecido. Os macrófagos residentes do tecido adiposo (ATMs) precisam adaptar suas funções frente a alterações metabólicas sistêmicas, como na obesidade. Alterações em ATMs estão correlacionadas com desenvolvimento de resistência à insulina na obesidade e aterosclerose. Os LXRs (do inglês, liver X receptors) são fatores de transcrição ativados por esteróis envolvidos no metabolismo de colesterol, altamente expressos em células imunes. Sua ativação exerce um importante papel anti-inflamatório, através da modulação positiva da expressão de citocinas anti-inflamatórias ou pela inibição de fatores de transcrição pró-inflamatórios como o NFºB. Diversos trabalhos têm atribuído aos LXRs importante papel na polarização de macrófagos (M1/M2). Contudo, a maneira pela qual LXRs modulam a função de macrófagos in vivo e como a ativação desses fatores de transcrição atua sobre o metabolismo dessas células e no desenvolvimento de resistência à insulina é pouco conhecida. Com base nisso, nossa hipótese é que a ativação de LXRs seja capaz de induzir a polarização de ATMs para um perfil M2, proporcionando uma menor inflamação no tecido adiposo, levando a melhora da sensibilidade à insulina. Desta forma, com este projeto pretendemos analisar como LXRs modulam a função e o metabolismo de ATMs e o impacto que sua deleção pode promover sobre a polarização destas células.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTEIRO, LAUAR; DA SILVA PEREIRA, JESSICA APARECIDA; PALHINHA, LOHANNA; MORAES-VIEIRA, PEDRO MANOEL M. Leptin in the regulation of the immunometabolism of adipose tissue-macrophages. Journal of Leukocyte Biology, v. 106, n. 3, SI, p. 703-716, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
CORREA-DA-SILVA, FELIPE; PEREIRA, JESSICA A. S.; DE AGUIAR, CRISTHIANE F.; DE MORAES-VIEIRA, PEDRO M. M. Mitoimmunitywhen mitochondria dictates macrophage function. Cell Biology International, v. 42, n. 6, SI, p. 651-655, JUN 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.