Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de miR-BARTs do vírus de Epstein-Barr nas propriedades in vitro de células derivadas de linfomas humanos e na modulação de vias de sinalização intracelular envolvidas na linfomagênese

Processo: 17/20352-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Deilson Elgui de Oliveira
Beneficiário:Brunno Felipe Ramos Caetano
Instituição-sede: Instituto de Biotecnologia (IBTEC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/03804-0 - Identificação de produtos líticos do vírus de Epstein-Barr (EBV) envolvidos na evasão imune mediada por linfócitos B, BE.EP.DR
Assunto(s):Cultura de células   Repetições palindrômicas curtas agrupadas e regularmente espaçadas   Proteína 9 associada à CRISPR

Resumo

O linfoma de Burkitt (LB) é um linfoma não-Hodgkin de células B altamente agressivo, sendo que praticamente todos os casos de LB endêmico estão associados à infecção pelo vírus de Epstein-Barr (EBV). Formalmente denominado gamaherpesvírus 4 (HHV4), o EBV é um vírus ubíquo, presente em mais de 90% da população humana adulta, e que causa infecção latente por toda a vida do hospedeiro. A infecção por EBV é reconhecida como cancerígena para humanos. Além do LB, o vírus também é detectado nas células neoplásicas de carcinomas de nasofaringe e alguns casos de carcinomas gástricos, além do linfoma de Hodgkin clássico e outros distúrbios linfoproliferativos, principalmente aqueles ocorrendo em pacientes imunocomprometidos. O EBV foi o primeiro vírus em que pequenos RNAs não codificantes (microRNAs ou miRs) foram encontrados codificados no genoma viral. As células B infectadas latentemente expressam abundantemente miRs do EBV localizados no locus BART, denominados miR-BARTs. Nos últimos anos, vários estudos demonstraram que miRs endógenos humanos desempenham um papel regulador crítico na diferenciação e oncogênese das células B; por outro lado, pouco se sabe sobre o papel do EBV miR-BARTs na linfomagênese. Este estudo pretende investigar se a expressão de EBV miR-BARTs afeta parâmetros de saúde e comportamento celular in vitro, bem como vias intracelulares de sinalização relevantes para a linfomagênese. Para tanto, será efetuada edição do genoma de EBV empregando tecnologia CRISPR/CAS9 para suprimir a expressão dos miR-BARTs -7 e -9 virais em linhagens celulares derivadas de linfomas humanos EBV-positivas. Para a deleção dos miR-BARTs -7 ou -9 do EBV, linhagens celulares expressando a endonuclease Cas9 serão produzidas e transduzidas com vetores lentivirais para expressão dos respectivos gRNAs. As linhagens celulares com supressão (knock-out) dos miR-BARTs-7 e -9 do EBV serão então avaliadas quanto às taxas de proliferação celular, viabilidade celular, apoptose, migração e invasão celular in vitro. Por fim, serão também investigadas a expressão de moléculas-chave em vias de sinalização intracelular envolvidas na linfomagênese, tais como NFkB, PI3K / AKT e JAK / STAT.