Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de aerogel de inulina e alginato utilizando tecnologia supercrítica

Processo: 17/14906-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Juliane Viganó
Beneficiário:Emily Cristi Marques
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Aerogel   Alginatos   Inulina   Extração supercrítica

Resumo

A presente proposta de trabalho tem como objetivo aplicar tecnologia supercrítica para obtenção de aerogel de inulina e alginato pelo uso de diferentes concentrações de polissacarídeos e de agentes gelificantes. Aerogel é definido como um material de estrutura nanoporosa, extremamente leve, derivado de um gel, cuja parte líquida foi substituída por um gás. O interesse por esta classe de materiais nanoporosos tem crescido devido às suas aplicações alimentares, biomédicas e farmacêuticas. As principais características destes materiais são estrutura porosa aberta e elevada área superficial específica. A sua porosidade varia de 90 a 99% e sua densidade é baixa. Estas características lhe conferem as vantagens de fornecer maior biodisponibilidade e capacidade de carreamento de compostos de interesse. O projeto está dividido em três etapas: I) obtenção do hidrogel por gotejamento da solução polimérica em solução de agente gelificante; II) substituição da água para etanol para obtenção do alcoogel; e III) secagem usando CO2 supercrítico para obtenção do aerogel. O aerogel será analisado quanto ao tamanho das macroesferas, à área superficial específica, ao diâmetro médio dos poros e à densidade real. Espera-se obter aerogel com elevada porosidade, elevada área superficial específica e baixa massa específica. (AU)