Busca avançada
Ano de início
Entree

Oikonomia trinitária na obra de Giorgio Agamben: entre o reino e a glória, Opus Dei e altíssima pobreza

Processo: 17/12524-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Teologia
Pesquisador responsável:Glauco Barsalini
Beneficiário:Mariana Pfister
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/06711-0 - Operatividade e usus na obra de Giorgio Agamben, BE.EP.MS
Assunto(s):Religião e ciência   Religiões   Soberania   Filosofia da religião

Resumo

Para explicar o conceito de estado de exceção permanente e, consequentemente, a figura do homo sacer nas sociedades ocidentais contemporâneas, o filósofo Giorgio Agamben mergulha fundo no universo da teologia política. Em O Reino e a Glória (2011) reflete sobre o problema da secularização no mundo contemporâneo, onde se instaura, hegemonicamente, o império da oikonomia sobre a política na contemporaneidade, do que deriva a ordem jurídica das sociedades ocidentais. A oikonomia, ou seja, a governabilidade contemporânea, diz respeito, segundo Agamben, à genealogia do poder soberano instaurado no Ocidente, poder este que, pela decisão, ativa, cada vez mais, dispositivos que produzem a vida nua, submetendo a biós à zoé. Pretende-se estudar, na sua complexidade, as relações entre a oikonomia, a operatividade e o simples uso de fato, de modo a compreender-se, em profundidade, a articulação entre a trilogia O Reino e a Glória, Opus Dei e Altíssima Pobreza. Objetiva-se, com isso, contribuir para o desvelamento acerca dos vínculos existentes entre a oikonomia trinitária e o poder soberano contemporâneo, chave para as reflexões atuais sobre política, o direito e a religião - debate que, ano a ano, vêm ganhando centralidade nas Ciências da Religião. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.