Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise genética de pacientes portadores de displasia arritmogênica do ventrículo direito (DAVD) e caracterização funcional em cardiomiócitos diferenciados (iPSC-CM).

Processo: 17/16399-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 08 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 07 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Alexandre da Costa Pereira
Beneficiário:Fanny Wulkan
Supervisor no Exterior: Michael Alan Laflamme
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University Health Network (UHN), Canadá  
Vinculado à bolsa:16/23858-9 - Análise genética de pacientes portadores de displasia arritmogênica do ventrículo direito (DAVD) e caracterização funcional em cardiomiócitos diferenciados (iPSC-CM), BP.DD
Assunto(s):Cardiologia   Cardiomiopatias   Displasia arritmogênica ventricular direita   Arritmias cardíacas   Sequenciamento de nova geração   Técnicas de diagnóstico molecular

Resumo

A cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD) é uma cardiomiopatia genética caracterizada pela substituição das células miocárdicas por tecido fibro-adiposo.A doença tem uma prevalência de aproximadamente 1: 3500, e é mais comum em indivíduos jovens, atletas e do sexo masculino. O diagnóstico clínico é baseado no International Task Force Criteria, que leva em consideração vários tipos de critérios. Atualmente, diversas mutações foram descritas em 12 genes principais, associados à doença. A sequenciação de nova geração (NGS) como ferramenta para o diagnóstico molecular da doença permite um avanço na correlação entre alterações genotípicas e fenotípicas e conseqüentemente no estudo e prevenção dessa doença em casos familiar e, além de aportar potenciais benefícios que crescem junto com os desafios em sua interpretação. Além disso, o uso de hiPSCs como modelo in vitro de certas doenças cardíacas permite avaliar especificamente a relação entre o genótipo e as diferentes consequências fenotípicas celulares da CAVD. No entanto, os mecanismos moleculares da doença ainda não estão claros e não há estudos na literatura que englobam o perfil mutacional (com um extenso painel de genes) e estudos funcionais com o uso de hiPSC-CMs. Este estudo visa padronizar a aplicação de plataformas de sequenciamento de nova geração no diagnóstico de CAVD na população brasileira e para caracterizar, a partir de um ponto de vista funcional, cardiomiócitos derivados de hiPSC (hiPSC-CMs) de pacientes com mutações identificadas, afim de associar o perfil mutacional a expressão fenotípica celular. Aproximadamente 40 indivíduos com diagnóstico clínico de CAVD do ambulatório de arritmia do Instituto do Coração (Incor-HC/FMUSP) foram submetidos a uma avaliação genética pelas plataformas de sequenciamento Ion Torrent PGM e Miseq e as avaliações funcionais serão realizadas de acordo com várias análises fenotípicas de cardiomiócitos derivados de iPSC desses pacientes. Este trabalho tem grande potencial de contribuição na área, uma vez que é o primeiro a associar diferentes mutações em genes ainda não estudados em modelos que usam hiPSCs-CMs derivados de pacientes com CAVD. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)