Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de marcadores moleculares para identificar diferentes raças fisiológicas de Puccinia kuehnii, o agente causal da ferrugem alaranjada da cana-de-açúcar

Processo: 17/25455-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Alfredo Seiiti Urashima
Beneficiário:Lis Natali Rodrigues Porto
Supervisor no Exterior: Philippe Charles Rott
Instituição-sede: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/14351-0 - Diversidade fenotípica e genotípica de Puccinia kuehnii, agente causal da ferrugem alaranjada, em um local de melhoramento de variedades de cana-de-açúcar, BP.IC
Assunto(s):Fitopatologia   DNA

Resumo

Genótipos resistentes é a principal estratégia empregada no Brasil para o controle da ferrugem alaranjada da cana-de-açúcar, causada por Puccinia kuehnii. Esse método foi empregado com sucesso para enfrentar a primeira epidemia da doença no mundo, que foi na Austrália. A efetividade dessa medida é dependente do conhecimento da diversidade do patógeno, que pode ser a causa da discrepância entre os resultados obtidos com essa estratégia entre os dois países. Ademais, os poucos estudos com esse enfoque em P. kuehnii em empregado inoculação multipústula, ao invés de urédia única. Dados iniciais empregando inoculação monopústula identificaram diversidade entre isolados monopústula, sugerindo que a inoculação multipústula seria incapaz de fazer essa distinção. Após essa descoberta, o próximo passo é identificar marcadores moleculares capazes de disitnguir toda diversidade do patógeno. A solicitação da bolsa BEPE tem o objetivo de perimitir que uma aluna de graduação participe do grupo do Dr. Rott na Universidade da Flórida, onde está sendo realizado o sequenciamento completo do genoma de P. kuehnii, justamente o patógeno objeto de nossa pesquisa. Se nossa hipótese inicial estiver correta, esse treinamento vai permitir que os dados iniciais obtidos na bolsa IC da FAPESP tenha uma aplicação prática de grande impacto no controle da ferrugem alaranjada no Brasil.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.