Busca avançada
Ano de início
Entree

Actinomicetos das ilhas do Brasil: uma abordagem metabolômica na bioprospecção de produtos naturais com potencial antitumoral

Processo: 17/16606-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Marcelo José Pena Ferreira
Beneficiário:Marcelo Marucci Pereira Tangerina
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/17177-6 - Abordagem integrada na prospecção sustentável de produtos naturais marinhos: da diversidade a substâncias anticâncer, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/09350-0 - Bioprospecção microbiana acelerada através de abordagem MATRIX-GNPS, BE.EP.PD
Assunto(s):Metabolômica   Química de produtos naturais   Produtos naturais marinhos

Resumo

Apesar de sua importância, a pesquisa no Brasil envolvendo a bioprospecção de novas moléculas de fontes microbianas ainda é incipiente. Metabólitos secundários obtidos especificamente de bactérias representam a menor parcela, compreendendo apenas 9% de todas as substâncias isoladas de microrganismos no Brasil. Este fato está em desacordo com o potencial das bactérias em fornecer substâncias bioativas, já que mais de 50% dos antibióticos microbianos descobertos até hoje são originários de bactérias, principalmente actinomicetos. Para tanto, o presente projeto visa explorar o potencial químico-farmacológico de bactérias isoladas de ascídias, corais e sedimento marinho de ecossistemas brasileiros, utilizando uma abordagem metabolômica. Serão selecionadas 50 cepas do banco de actinomicetos pertencentes ao laboratório coordenado pela Profa. Dra. Letícia Veras Costa Lotufo, localizado no Instituto de Ciências Biomédicas - USP, as quais serão fermentadas em pequena escala para estudo metabolômico utilizando a técnica de Molecular Networking e triagem através de ensaios de citotoxicidade. As cepas mais promissoras serão selecionadas para fermentação em larga escala e isolamento e identificação das substâncias alvo, direcionando o estudo para as substâncias inéditas na literatura e/ou responsáveis pela atividade observada. Vale ressaltar que esta proposta está vinculada e integra o Projeto Temático FAPESP intitulado "Abordagem integrada na prospecção sustentável de produtos naturais marinhos: Da diversidade a substâncias anticâncer" Processo no 15/17177-6.