Busca avançada
Ano de início
Entree

Abordagens ômicas integradas para a avaliação da dinâmica micromolecular fenotípica de cultivares de Glycine Max (soja) geneticamente modificados com vistas a tolerância à estresses hídricos

Processo: 17/19702-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Norberto Peporine Lopes
Beneficiário:Paula Carolina Pires Bueno
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50488-5 - Nordeste: uma nova ciência para um importante, porém negligenciado bioma, AP.SPEC
Bolsa(s) vinculada(s):19/08477-7 - Análise integrada do metabolismo de Glycine Max em resposta ao estresse hídrico, BE.EP.PD
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal   Metabolômica   Química de produtos naturais   Metabolismo secundário   Proteômica   Soja

Resumo

Dado ao rápido crescimento populacional e às crescentes demandas da produção de alimentos num contexto de mudanças climáticas, a presente proposta de trabalho pauta-se na necessidade de se promover um entendimento mais aprofundado da variação fenotípica micromolecular das espécies que compõem o atual sistema alímentício frente aos mecanismos de adaptação às diferentes condições de cultivo. No Brasil, a soja é o principal produto agrícola na pauta de exportações, fazendo do país o segundo maior produtor mundial do grão. No entanto, esta cultura apresenta impactante susceptibilidade frente às variações climáticas e hídricas, o que a submete a importantes e indesejáveis perdas de produtividade e qualidade. Neste sentido, o desenvolvimento e caracterização de novos genótipos mais tolerantes a tais eventos vêm de encontro com a necessidade de se aumentar a produtividade e diminuir as perdas econômicas decorrentes desta susceptibilidade. Dado o importante potencial econômico da soja tanto no Brasil quanto em nível mundial, este projeto propõe a utilização conjunta das abordagens metabolômicas e proteômicas como ferramenta complementar às abordagens genômicas e transcriptômicas para a avaliação e seleção de indicadores moleculares presentes em diferentes genótipos de Glycine max (soja) cultivados em diferentes condições de estresses hídricos, seca e alagamento, contribuindo, inclusive, para o desenvolvimento e registro de cultivares de grande valor tecnológico agregado. Para tanto serão utilizadas técnicas cromatográficas hifenadas à espectrometria de massas visando tanto à identificação de metabólitos primários e secundários diferencialmente expressos, bem como técnicas proteômicas para a seleção dos marcadores proteicos. Os dados obtidos serão interpretados por análise multivariada.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.