Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação das subpopulações espermáticas em touros Senepol com a produção in vitro de embriões

Processo: 16/24107-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Lindsay Unno Gimenes
Beneficiário:Suzane Peres Campanholi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Andrologia veterinária   Espermatozoides animal   Touros   Fertilização in vitro animal   Criopreservação animal

Resumo

A definição de uma população heterogênea de espermatozoides dentro do ejaculado de diferentes espécies de mamíferos foi intensamente estudada na última década. A identificação e quantificação das subpopulações espermáticas têm se mostrado como importante avaliação para predizer a capacidade fertilizante do animal e explicar problemas de subfertilidade de alguns animais. Entretanto, não foi encontrado nenhum estudo que correlacione as subpopulações espermáticas com a produção in vitro de embriões em touros. Com o amplo crescimento da raça Senepol, recentemente introduzida em nosso país, e a escassez de estudos que avaliem a qualidade seminal dos touros dessa raça, o presente projeto de pesquisa será realizado com o objetivo de avaliar a relação entre as subpopulações espermáticas no sêmen criopreservado de touros Senepol com a produção in vitro de embriões. Quarenta doses comerciais de sêmen de touros Senepol, escolhidas com base em dados retrospectivos de produção in vitro de embriões, passarão por gradiente de Percoll e serão avaliadas por sistema computadorizado de análise da cinética espermática (Computer-Assisted Sperm Analysis; CASA) para definir o parâmetro cinético de cada espermatozoide e, a partir desta análise, serão identificadas e quantificadas as subpopulações espermáticas existentes. Em complemento, será realizada a análise de integridade da membrana plasmática com o uso de sondas fluorescentes e da morfologia espermática pela técnica de preparação úmida. Dados retrospectivos da produção in vitro de embriões serão obtidos a partir dos registros pertencentes à empresa Senepol Mais e In Vitro Brasil. Serão testados modelos lineares e não lineares já descritos na literatura para estabelecer as relações entre as subpopulações espermáticas definidas pela cinética espermática e a produção de embriões. As variáveis obtidas na avaliação da integridade de membrana e da morfologia dos espermatozoides serão adicionadas às técnicas estatísticas de regressão por mínimos quadrados parciais, análise discriminante linear e inteligência artificial, buscando melhor acurácia na predição da produção de embriões dos touros. (AU)