Busca avançada
Ano de início
Entree

O valor econômico da informação pessoal título revisto: a vulnerabilidade da informação pessoal: uma análise a partir de suas formas de divulgação indevida

Processo: 17/12561-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Ciência da Informação - Arquivologia
Pesquisador responsável:José Augusto Chaves Guimarães
Beneficiário:José Augusto Bagatini Lopes Pinto
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Assunto(s):Segurança da informação   Vazamento de informação   Dados pessoais   Ética da informação   Fontes de informação

Resumo

O cidadão, ao fazer uso cotidiano de soluções informatizadas, passou a criar rastros de seus comportamentos, interpretados como informações pessoais pois se referem a seus atos e revelam características físicas ou de personalidade. Essa informação constitui, hoje preocupante produto do mercado da vigilância. No entanto, ainda não se tem, no Brasil, uma discussão que permita situar, de forma mais sistematizada, a informação pessoal como algo que esteja vulnerável a ações invasivas ou fraudulentas. Desse modo, propõe-se analisar e categorizar os usos da informação pessoal a partir do vazamento de dados, tendo por objetivos: identificar, definir e qualificar o que seja informação pessoal; categorizar os usos que dela são feitos a partir de seu vazamento ou de sua divulgação indevida; e apontar/sugerir formas de prevenção do cidadão contra o uso indevido de suas informações pessoais. Tendo por universo os jornais Folha de São Paulo, Estado de São Paulo e Nexo, e os sites especializados Olhar digital, Tecmundo e Techtudo, em um recorte temporal a partir de 2009, partir-se-á de uma revisão de literatura sobre dados pessoais, mercado da informação e vigilância informacional, nas bases LISA, Web of Science e Scopus, e uma busca específica a partir do termo "vazamento de dados pessoais" cujos dados serão registrados e analisados segundo a metodologia de Análise de Conteúdo (Bardin, 2009) nas categorias: conceito, natureza, objeto, objetivos, ações, instrumentos, produtos, agentes e pacientes, para se chegar a uma panorama dos possíveis usos que podem ser feitos dos dados quando indevidamente divulgados, como subsídio a eventuais medidas de proteção ao cidadão contra o uso indevido de seus dados pessoais. (AU)