Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial de espécies vegetais para fitorremediação de solo contaminado com rejeito de mineração

Processo: 17/14837-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Evaldo Luiz Gaeta Espindola
Beneficiário:Ana Beatriz dos Santos
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Mineração   Rejeitos de mineração   Metais pesados   Poluição do solo   Fitorremediação   Ecotoxicologia   Monitoramento ambiental   Restauração ecológica

Resumo

Na sociedade moderna, o uso e manipulação de metais tornou-se indispensável para sua sobrevivência e avanço. Diariamente fazemos o uso de materiais e aparelhos tecnológicos e não tecnológicos que tem em sua composição diferentes tipos de metais. O processo de extração desses metais é feito principalmente através da mineração, atividade de grande importância econômica no Brasil e responsável por parte do PIB nacional. Apesar de sua importância, a mineração é uma atividade que pode causar grandes impactos negativos, como o ocorrido recentemente na cidade de Mariana, em Minas Gerais, onde a barragem de Fundão, que continha rejeitos de mineração de ferro, se rompeu, causando o derramamento de enorme quantidade de rejeito rico em metais no ambiente, afetando rios, cidades e povoados. As consequências desse derramamento são de âmbito ambiental, social e econômico, e são consideradas gravíssimas. Em vista dos problemas acarretados pelo rejeito, torna-se indispensável a recuperação do solo e da água de maneira rápida, econômica e ecológica. A fitorremediação é uma técnica que vêm ganhando espaço no Brasil por sua fácil aplicação, baixo custo e bons resultados, porém, em vista de sua recente popularização, estudos apontando espécies apropriadas para tal aplicação são escassos. Objetivando colaborar com essa demanda, o presente estudo visa avaliar o potencial de cinco espécies vegetais para a fitorremediação de solos contaminados por rejeitos de mineração, com enfoque no caso de Mariana/MG, através de ensaios ecotoxicológicos com Enchytraeus crypticus e testes agudo e crônico, utilizando Ceriodaphnia silvestrii, do elutriado do respectivo solo. (AU)