Busca avançada
Ano de início
Entree

Transformações da paisagem e processos de territorialização no Norte Pioneiro Paranaense e no Eje Cafetero Colombiano: o papel das organizações de pequenos cafeicultores na produção-comercialização de cafés especiais e sua relação interescalar

Processo: 17/03517-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Messias Modesto dos Passos
Beneficiário:Luisa Fernanda Durán Montes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/16828-4 - Limites, contradições e potencialidades das certificações e indicações geográficas na cadeia global de valor do café: estudo de caso Brasil, Colômbia e Japão, BE.EP.DR
Assunto(s):Geografia agrária   Café   Indústria do café   Territorialização   Paisagem   Paraná   Colômbia

Resumo

A presente pesquisa será realizada no Eje Cafetero - Colômbia e Norte Pioneiro do Paraná - Brasil. Estas regiões foram objetos de processos de colonização e, nos dias atuais são paisagens e territórios que procuram outras estratégias para manter a atividade cafeeira, e uma alternativa é a participação no mercado dos cafés especiais. Atualmente, as duas regiões conservam, em menor proporção, o plantio, a colheita e a exportação de café que no passado representou o setor mais relevante da economia de cada país, regiões que ainda tem uma importância cafeeira, principalmente pela incorporação de novos valores na produção e atendendo uma demanda mais especializada. O objetivo principal desta pesquisa é compreender as transformações da paisagem e os processos de territorialização do Norte Pioneiro Paranaense/Brasil e o Eje Cafetero/Colômbia a partir da dinâmica da produção e comercialização dos cafés especiais no mercado e sua relação interescalar (local, regional, nacional e internacional), para sua análise como alternativa de algumas organizações de pequenos cafeicultores frente a produção de café commodity. Este estudo será alicerçado no método analítico-dialético, assim a reflexão será desenvolvida por meio de dois conceitos centrais (paisagem e território) que se inter-relacionam no processo de escalonamento/relação interescalar, desvelando as principais relações de poder, as tensões contraditórias entre diferentes atores, processos e escalas de atuação presentes na dinâmica desenvolvida entre a produção, comercialização e consumo dos cafés especiais. (AU)