Busca avançada
Ano de início
Entree

Biogeoquímica da matéria orgânica dissolvida no Atlântico Sudoeste: caracterização, quantificação e reatividade (DOMAt)

Processo: 17/19907-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Química
Pesquisador responsável:Frederico Pereira Brandini
Beneficiário:Rafael Gonçalves Araujo
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50820-7 - Marine ferromanganese deposits: a major resource of E-tech elements, AP.TEM
Assunto(s):Hidrografia   Biogeoquímica marinha   Biogeoquímica

Resumo

A matéria orgânica dissolvida (MOD) é um dos principais compostos carbônicos em sistemas aquáticos e representa um componente importante no ciclo do carbono, especialmente em ambientes marinhos. Por exemplo, estudos têm utilizado MOD para avaliar a qualidade de água potável, sua importância nos ciclos biogeoquímicos, seu uso como um traçador ambiental, etc. Esse projeto objetiva desenvolver a caracterização da MOD em águas superficiais e profundas no Oceano Atlântico Sudoeste através do emprego de medidas modernas de MOD. Além disso, a distribuição, transformação e produção de MOD serão avaliados de modo a prover uma nova compreensão do ciclo de carbono nas regiões de plataforma continental e oceano profundo. Os resultados a serem gerados pelo projeto DOMAt serão utilizados como base para futuros monitoramentos ambientais a serem realizados principalmente nas regiões de oceano profundo nas proximidades do Platô de São Paulo e da Elevação do Rio Grande, que são de importante interesse econômico devido a exploração de depósitos de óxido ferro-manganês e extração de minérios.