Busca avançada
Ano de início
Entree

Consequências da manipulação da SlGSNOR sobre o metabolismo de espécies reativas de oxigênio e de nitrogênio e sobre o perfil de proteínas nitradas e nitrosiladas ao longo do amadurecimento de frutos de tomateiro

Processo: 17/17935-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica
Pesquisador responsável:Maria Magdalena Rossi
Beneficiário:Marta Rodríguez Ruiz
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/01128-9 - Controle luminoso e hormonal da qualidade nutricional em Solanum lycopersicum, AP.TEM
Assunto(s):Óxido nítrico

Resumo

A S-nitrosoglutiona, produto da S-nitrosilação da glutationa, desempenha um papel central na sinalização do óxido nítrico (NO) e consiste no principal reservatório celular de NO. Os níveis endógenos de GSNO são controlados pela enzima S-nitroglutationa redutase (GSNOR), a qual catalisa a redução de GSNO em glutationa oxidada e amônio, consequentemente impactando a S-nitrosilação de proteínas e a homeostase redox das células. Evidências indicam que componentes dos metabolismos nitro-oxidativo e oxidativo, bem como eventos de S-nitrosilação e nitração fazem parte das cascatas de sinalização que regulam o desenvolvimento e amadurecimento de frutos carnosos. Nesse contexto, o presente projeto visa avaliar os impactos da modulação dos níveis de GSNO por meio do silenciamento ou sobre-expressão da SlGSNOR especificamente nos tecidos dos frutos sobre os metabolismos oxidativo e nitro-oxidativo e perfil transcricional global em frutos de tomateiro (Solanum lycopersicum).