Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de blendas à base de cimento de aluminato de cálcio como substituto ósseo: estudo in vivo

Processo: 17/22183-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Luana Marotta Reis de Vasconcellos
Beneficiário:Marília Nanni Vieira
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Histologia   Cimentos para ossos   Aluminato de cálcio   Regeneração óssea   Substitutos ósseos   Estudo clínico   Modelos animais de doenças

Resumo

O aluminato de cálcio como biomaterial tem sido avaliado em relação as suas propriedades físicas, mecânicas e biocompatibilidade. Os materiais à base de aluminato de cálcio exibem, devido suas características únicas de endurecimento e microestrutura, um grande potencial como biomaterial. Estudos relatam aplicação dos cimentos de aluminato de cálcio na ortopedia para reparo ósseo devido a sua composição e coeficiente de expansão térmica semelhante ao do osso humano. Assim, o objetivo neste estudo será avaliar composições experimentais de blendas à base de cimento de aluminato de cálcio visando sua aplicação médica e odontológica como substitutos ósseos em defeitos visando reparo ósseo. Serão utilizados neste estudo 20 ratos Wistar, que serão submetidos a confecção de um defeito ósseo monocortical em cada fêmur. Os animais serão divididos aleatoriamente em 4 grupos com n=5, de acordo com o preenchimento do defeito ósseo: a) grupo C: cimento base de aluminato de cálcio; b) grupo P: cimento de polimetil metacrilato (PMMA); c) grupo H: cimento de aluminato de cálcio associado a hidroxiapatita; d) grupo Q: cimento de aluminato de cálcio associado a quitosana. Após período de 4 semanas, todos os animais serão eutanasiados. Nos fêmures direitos será realizada análise histológica e histomorfométrica para visualização da interface tecido ósseo-amostras e também quantificação da neoformação óssea neste local, utilizando o software Las Phase. Nos fêmures esquerdos será realizado o teste de push-out para avaliar a força de fixação entre tecido ósseo-amostra. Os dados obtidos serão submetidos ao teste estatístico de normalidade e a seguir será aplicado o teste estatístico adequado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE VASCONCELLOS, LUANA MAROTTA REIS; CAMPORES, KAIKE LESSA; DE ALCANTARA ABDALA, JULIA MARINZECK; VIEIRA, MARILIA NANNI; DE OLIVEIRA, IVONE REGINA. Biological and microbiological behavior of calcium aluminate cement-based blend for filling of bone defects. JOURNAL OF MATERIALS SCIENCE-MATERIALS IN MEDICINE, v. 31, n. 1 DEC 23 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.