Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de nanopartículas bimetálicas com ação antibacteriana

Processo: 17/21036-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Dayane Batista Tada
Beneficiário:Bruna Cristina Nunes
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia de sistemas   Nanotoxicologia   Nanopartículas   Materiais nanoestruturados   Produtos com ação antimicrobiana   Anti-infecciosos   Difração por raios X

Resumo

Alguns metais são conhecidos por possuírem propriedades antibacterianas intrínsecas, como por exemplo o mercúrio (Hg) e a prata (Ag), porem tais metais são tóxicos aos seres humanos. Com isso, nos últimos anos intensificou-se o estudo de nanoparticulas (NPs) monometálicas como as NPs de ouro e prata. Essas NPs apresentaram atividade antimicrobiana e tiveram diversas aplicações em dispositivos biomédicos, tratamento de água, têxteis cosméticos e produtos odontológicos. No entanto, com o avanço de pesquisas na área de nanotoxicologia, efeitos adversos em sistemas biológicos foram encontrados para essas NPs. Assim, atualmente tem-se desenvolvido NPs bimetálicas como uma alternativa de material de alta ação antimicrobiana e, ao mesmo tempo, de baixa toxicidade a saúde e ao meio ambiente. Como o uso de NPs bimetalicas em sistemas biológicos e ainda recente, estudos sobre sua ação antimicrobiana e efeitos tóxicos devem ainda ser aprofundados. O presente projeto tem como objetivo desenvolver NPs com ação antimicrobiana, que não sejam tóxicas para as células animais. Serão desenvolvidas NPs bimetálicas de prata e ouro (AgAuNPs) e ouro e platina (AuPtNPs). Essas NPs serão caracterizadas, através da espectroscopia UV-Vis, espalhamento de luz dinâmico (potencial Zeta e diâmetro hidrodinâmico), difração de raio-X e microscopia de transmissão eletrônica. Além de serem submetidas a ensaios de atividade antibacteriana e de citotoxicidade. O presente projeto tem como objetivo desenvolver NPs com ação antimicrobiana, que não sejam tóxicas para as células animais. Este presente projeto de pesquisa propõe o desenvolvimento de NPs bimetálicas de prata e ouro (AgAuNPs), de acordo com o método de Banerjee[4] e ouro e platina (AuPtNPs). Essas NPs, de acordo com o método de Zhao e Zhang[1][2], que serão caracterizadas, através da espectroscopia UV-Vis, espalhamento de luz dinâmico (potencial Zeta e diâmetro hidrodinâmico), difração de raio-X e microscopia de transmissão eletrônica. Além de serem submetidas a ensaios de atividade antibacterianos antibacteriana e de cito toxicidade, através de (AU)