Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do tratamento com inibidor dos produtos finais da glicação avançada (piridoxamina) em coração de ratas diabéticas tipo 1

Processo: 17/22670-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 22 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Andréia Delbin
Beneficiário:Matheus Pena Passos
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Piridoxamina   Diabetes mellitus tipo 1   Fisiologia cardiovascular   Expressão de proteínas   Produtos finais de glicação avançada   Modelos animais de doenças

Resumo

As abordagens farmacológicas utilizadas na prática clínica mantiveram-se insatisfatórias na prevenção das complicações cardíacas associadas ao diabetes mellitus (DM) e terapias farmacológicas alternativas e inovadoras são necessárias. Neste contexto, a formação de produtos finais da glicação avançada (AGEs) é uma importante via envolvida na cardiomiopatia diabética. Adicionalmente, o tecido adiposo epicárdico (EAT) secreta e expressa adipocitocinas de importância pró e anti-inflamatória e, devido a sua característica anatômica, pode modular o músculo cardíaco e as artérias coronárias. O objetivo deste estudo será avaliar a expressão de importantes proteínas envolvidas nas alterações morfológicas cardíacas de ratas diabéticas tipo 1 e os efeitos do co-tratamento com insulina + piridoxamina (inibidor dos AGEs). Também iremos avaliar as alterações pró e anti-inflamatórias do EAT. Ratas Wistar serão divididas em: controle (CTR), diabéticas tipo 1 (DM, aloxana 170 mg/kg IP), DM1 tratadas com insulina (DM+INS, 2U manhã + 4U noite) e DM1 tratadas com insulina e piridoxamina (DM+INS+PDX, 180 mg/kg gavagem). Serão mensurados os fatores bioquímicos: glicose, colesterol total, triglicerídeos, hemoglobina glicada A1c, insulina, estradiol e produtos finais da glicação avançada-Nµ-carboximetilisina (CML). Serão realizadas avaliações histológicas e morfológicas do coração. As expressões proteicas de: AGE, RAGE, Cu/Zn-SOD, Mn-SOD, NOX2, NOX4, NF-kB, GPER (ventrículo esquerdo), UCP-1, PGC1-±, adiponectina, leptina, IL-1² e TNF-± (tecido adiposo epicárdico) serão avaliadas. Por fim, a geração das espécies reativas de oxigênio (EROS) também será verificada em ambos os tecidos. (AU)