Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do reparo tecidual de cimentos endodônticos resinosos em defeitos cirúrgicos críticos em calotas de ratos

Processo: 17/17248-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Rodrigo Ricci Vivan
Beneficiário:Mateus Rinaldi Lucio Martins
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Teste de materiais   Obturação do canal radicular   Cimentos endodônticos   Inflamação   Modelos animais

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar, in vivo, a resposta tecidual e a capacidade de reparo ósseo dos cimentos endodônticos Sealer Plus e AH Plus® comparados ao grupo controle. Os materiais serão implantados na calvária de 48 ratos Wistar, divididos em grupos de 8 animais para os períodos experimentais de 7 e 30 dias. Após cada período pós-operatório, os animais serão eutanasiados e as calvárias removidas e fixadas em formol à 10%. Em seguida, os espécimes serão processados para análise em Hematoxilina-Eosina e imunoistoquímica para osteopontina (OPN) e osteocalcina (OCN). O critério de avaliação histológica será de 0: nenhuma ou poucas células e nenhuma reação; 1: menos de 25 células e reação leve; 2: entre 25 e 125 células e reação moderada; 3: 125 ou mais células e severa reação. Os resultados histológicos serão analisados pelos testes de Kruskal Wallis e Dunn, sendo o nível de significância entre os grupos de 5% (p<0,05). (AU)