Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do envolvimento da proteína TRIL na inflamação e apoptose de neurônios POMC no hipotálamo de camundongos obesos

Processo: 16/01245-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Licio Augusto Velloso
Beneficiário:Alexandre Moura Assis
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07607-8 - CMPO - Centro Multidisciplinar de Pesquisa em Obesidade e Doenças Associadas, AP.CEPID
Assunto(s):Obesidade   Dieta hiperlipídica   Hipotálamo   Neurônios   Pró-opiomelanocortina   Receptor 4 toll-like   Ácidos graxos   Apoptose   Modelos animais

Resumo

A obesidade representa um dos maiores problemas em saúde no Brasil e no mundo e os recentes avanços na caracterização de sua patofisiologia indicam a existência de um distúrbio funcional dos mecanismos de controle da fome exercidos pelo hipotálamo. Capaz de integrar sinais periféricos com uma complexa rede de neurocircuitos, o hipotálamo exerce função preponderante no controle da ingestão alimentar e do gasto energético através de um elegante dueto protagonizado por neurônios orexigênicos (AgRP/NPY) e anorexigênicos (POMC/CART). A exposição crônica a dietas hiperlipídicas é capaz de deflagrar uma resposta inflamatória no hipotálamo, a qual, caso prolongada, pode levar a apoptose de neurônios anorexigênicos (POMC). Evidências indicam papel relevante do Toll-like receptor 4 (TLR4) neste processo, ao ser ativado em resposta a ácidos graxos saturados presentes na circulação. Estudos indicam que a ativação de TLR4 no Sistema Nervoso Central (SNC) requer uma proteína acessória denominada TLR4-interactor with Leucine-rich repeats (TRIL). Recentemente, demonstrou-se que além de mediar a sinalização do TLR4 no SNC, a ablação de TRIL inviabiliza a resposta imune inata neste tecido. Além disso, um estudo demonstrou que existem variações nos padrões de expressão gênica de TRIL em subpopulações de neurônios, sendo esta bastante expressa em neurônios POMC e pouco expressa em neurônios AgRP. Assim, aventamos a hipótese que TRIL possa ser, pelo menos em parte, responsável pela maior predisposição de neurônios POMC a apoptose induzida por ácidos graxos presentes na dieta. O objetivo deste estudo é avaliar a participação da proteína TRIL na apoptose de neurônios POMC em modelo animal de obesidade induzida por dieta. Acreditamos que este estudo possa representar um importante avanço na compreensão da patogênese da obesidade e contribuir na identificação de alvo terapêutico para o tratamento desta doença. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.