Busca avançada
Ano de início
Entree

A perda de momento angular por discos de estrela Be e seu impacto na evolução de estrelas em alta rotação

Processo: 17/24629-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 06 de setembro de 2018
Vigência (Término): 23 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Estelar
Pesquisador responsável:Alex Cavaliéri Carciofi
Beneficiário:Alex Cavaliéri Carciofi
Anfitrião: Georges Meynet
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université de Genève, Suíça  
Assunto(s):Evolução estelar   Discos circunstelares   Estrelas massivas   Estrelas Be

Resumo

Meu grupo no departamento de astronomia do IAG/USP é especialista em estrelas Be, que são estrelas da sequência principal que giram muito rapidamente. Como consequência da rápida rotação, elas expelem material pelo equador, o qual se espalha pelo plano equatorial, formando um disco.Recentemente nosso grupo terminou o primeiro estudo da evolução dinâmica de uma grande amostra de estrelas Be. Foram estudados 81 eventos de disco (compreendidos como a formação de um disco seguida de sua completa dissipação) de 54 estrelas Be na pequena nuvem de Magalhães (SMC), usando um novo método desenvolvido durante a tese de doutorado de Leandro R. Rímulo. Este estudo nos permitiu medir, pela primeira vez, a taxa de perda de momento angular (MA) pelo disco. Como a fonte de MA é a estrela central, o que foi realmente medido foi quanto de MA a estrela perde em cada um destes eventos.Estes resultados foram comparados com predições dos modelos de evolução estelar de Genebra. Descobriu-se que estrelas Be da SMC perdem MA a uma taxa até 2 ordens de magnitude menor que as taxas previstas pelos modelos.O objetivo da visita ao Observatório de Genebra é trabalhar diretamente com o grupo do Prof. Georges Meynet, co-autor do código de Evolução Estelar de Genebra. O grupo do prof. Meynet foi pioneiro no estudo dos efeitos da rotação na evolução estelar. Durante a visita abordaremos dois problemas correlatos: 1) Estudar a causa da discrepância entre nossas medidas e os modelos, e como estes devem ser modificados de maneira a reproduzir as observações; e 2) Compreender o impacto destas modificações nas predições teóricas da evolução de estrelas em alta rotação, tais como os tempos de vida na sequência principal, abundâncias atmosféricas dos elementos, etc.