Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da infecção causada pelo novo circovírus suíno (PCV3): desenvolvimento de ferramentas de diagnóstico e associação com doença

Processo: 17/26649-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 12 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:João Pessoa Araújo Junior
Beneficiário:Taís Fukuta da Cruz
Supervisor no Exterior: Joaquim Segalés
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : Centre de Recerca en Sanitat Animal (CReSA), Espanha  
Vinculado à bolsa:16/09518-0 - Estudo da expressão gênica diferencial induzida pelo Circovírus Suíno tipo 2 em células de testículo de suíno e em leitões infectados experimentalmente, BP.PD
Assunto(s):Doenças transmissíveis   Circovirus   Equipamentos para diagnóstico   Epidemiologia   Imunopatologia

Resumo

Em 2016, um novo vírus da família Circoviridae, denominado Porcine circovirus 3 (PCV3) foi descrito pela primeria vez. Atualmente, o PCV3 foi relatado na América do Norte, Ásia, Europa e também no Brasil. Até agora, este vírus emergente tem sido associado com diferentes patologias reprodutivas, assim como condições respiratórias e sistêmicas. O PCV3 também foi encontrado em animais sadios, portanto, é muito provável que ele seja um vírus onipresente, semelhante aos outros circovírus. Especificamente, é importante determinar se esse novo vírus se comporta de maneira semelhante ao que ocorreu com o Porcine circovirus 2 (PCV2), outro circovírus desta família, o qual causou enormes consequências para sanidade suína. Portanto, é necessário e estratégico avaliar o impacto do PCV3. Para atingir este objetivo, será planejado o desenvolvimento de ferramentas de diagnóstico úteis para estudar a patogenicidade, dinâmicas de infecção, transmissão e excreção do PCV3 nas granjas com diferentes patologias. Entre as ferramentas a serem desenvolvidas, a geração de anticorpos monoclonais contra o vírus permitirá o uso de técnicas de imunoistoquímica para possibilitar a localização do vírus em lesões específicas em animais que sofrem de diferentes condições. O estabelecimento de uma PCR quantitativa será essencial para se determinar a carga viral, para estabelecer se ela pode determinar o curso da infecção, assim como foi relatado para o PCV2, e as implicações específicas de uma infecção subclínica. Com este projeto, será feita uma vigilância epidemiológica do PCV3 e a avaliação das suas consequências para o setor suíno. Além disso, esses estudos permitirão a avaliação da associação com outras doenças e/ou co-infecções com outros patógenos relevantes. O desenvolvimento de ferramentas para isolar o vírus será útil para estudar a imunopatologia do vírus e avaliar um potencial protótipo vacinal. O sequenciamento de diferentes isolados em estudos retrospectivos e longitudinais propostos neste projeto tornará possível estabelecer a presença de diferentes genótipos, o que é relevante devido à associação relatada para o PCV2 sobre o aumento da patogenicidade do vírus devido à mudança de genótipo observada nas granjas. Além disso, devido à alta variabilidade genética dos circovírus suínos, a evolução do PCV3 também será analisada em estudos longitudinais para avaliar o possível papel do vírus no escape do sistema imune. Todos esses estudos serão cruciais para profundamente caracterizar o PCV3, sua patogenicidade e seu impacto na produção de suínos, ajudando a estabelecer as bases para controle da infecção. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SAPORITI, VIVIANE; CRUZ, TAIS F.; CORREA-FIZ, FLORENCIA; NUNEZ, JOSE I.; SIBILA, MARINA; SEGALES, JOAQUIM. Similar frequency of Porcine circovirus 3 (PCV-3) detection in serum samples of pigs affected by digestive or respiratory disorders and age-matched clinically healthy pigs. TRANSBOUNDARY AND EMERGING DISEASES, v. 67, n. 1 SEP 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.