Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação do RNA global processado em células suprerexpressando SF1 por RNA-seq

Processo: 17/23589-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Leticia Fröhlich Archangelo
Beneficiário:Guilherme Brussolo Bidoia
Supervisor no Exterior: Philipp Greif
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ludwig Maximilian University of Munich (LMU Munich), Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/03982-7 - Clonagem de SF1 selvagem e portador das mutações G372V e T454M em vetor retroviral bicistrônico e produção de retrovírus, BP.IC
Assunto(s):Análise de sequência de RNA   Splicing

Resumo

O Splicing Factor 1 (SF1) está localizado no cromossomo 11q13. Esse gene codifica uma proteína que contém um motivo ULM, domínios coiled-coil e KH-QUA2, seguido por um zinc knuckle e uma região rica em prolina. SF1 reconhece a sequência de ramificação do intron, interage com subunidades U2AF e sinaliza os primeiros passos da montagem do spliceosomo. No splicing alternativo, SF1 rege seletivamente um subconjunto de introns. Além disso, o SF1 desempenha um papel na retenção pré-mRNA e na repressão transcripcional. Recentemente, mutações somáticas em SF1 foram relatadas em pacientes com síndromes mielodisplásicas, leucemia mielóide aguda de novo e neoplasias mieloproliferativas. Além disso, os dados preliminares do nosso grupo mostram uma maior expressão de SF1 em pacientes com leucemia linfoblástica aguda. Para obter mais informações sobre a função SF1 e as consequências de suas mutações G372V e T454M em leucemia, temos como objetivo investigar os alvos globais de splicing e transcrição de SF1 em células leucemicas que superexpressam as formas de SF1 selvagem e mutantes.