Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias para seleção e caracterização de linhagens de soja com ênfase na tolerância à ferrugem

Processo: 17/24266-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Natal Antonio Vello
Beneficiário:Elesandro Bornhofen
Supervisor no Exterior: Aaron Joel Lorenz
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Minnesota, St. Paul (U of M), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/11235-0 - Estratégias para seleção e caracterização de linhagens de soja com ênfase na tolerância à ferrugem, BP.DR
Assunto(s):Melhoramento genético vegetal   Phakopsora pachyrhizi   Glycine max

Resumo

A viabilidade da produção de soja no Brasil tem sido desafiada desde a primeira ocorrência da doença denominada ferrugem Asiática (ASR) em 2002. Desde então, bilhões de dólares são anualmente dispendidos para o seu controle. Portanto, o objetivo do presente projeto é de selecionar linhagens elite de soja tolerantes a ASR a partir de um programa de seleção recorrente e de estudar aspectos genéticos da tolerância. Para isso, será utilizado um conjunto de dados caracterizado por 64 populações F5 originadas de um dialelo parcial 8x8 avaliadas em dois locais contrastantes na safra agrícola de 2015/16, conduzidas no delineamento de blocos casualizados. Nessas populações, foi executada a seleção de plantas individuais, resultando em 768 linhagens endogâmicas F5:6, as quais foram avaliadas na safra agrícola de 2016/17 em blocos aumentados, usando 12,5% de testemunhas. De maneira a estimar o nível de tolerância de cada genótipo, todos os experimentos foram conduzidos em duplicada (dois experimentos adjacentes), contrastando apenas para o manejo da ASR (condições de presença e ausência da doença). Assim, um total de 3.286 parcelas experimentais foram avaliadas para vários caracteres durante as duas safras. De posse dos dados, os procedimentos estatísticos a serem implementados serão baseados em análise espacial dos experimentos, modelando as tendências espaciais através de modelo misto e Splines, ajustando modelos lineares mistos para estimar componentes de variância para dialelo multi-ambiente e análise por modelo misto multivariado visando combinar caracteres correlacionados de maneira a aumentar a acurácia das predições. Resultados preliminares mostram que em ambas as safras agrícolas a severidade da ASR foi elevada e suficiente para promover diferenças acentuadas entre a performance geral dos experimentos adjacentes e de genótipos dentro dos experimentos. Foram obtidas diferenças de 18% para massa de cem sementes e 36% para rendimento de grãos entre desempenho geral dos experimentos adjacentes (com e sem a doença) nas populações F5, atestando a eficácia da infecção natural. Essas diferenças foram inferiores para os experimentos com as linhagens, mostrando que a seleção foi eficiente em identificar genótipos mais tolerantes. Também, alta variabilidade espacial foi observada nos experimentos em blocos aumentados. O tópico proposto no presente projeto aborda um problema significativo e, portanto, avançará o estado do conhecimento neste campo.