Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de diferentes posturas sentadas e nível de controle de tronco nos ajustes proximais e distais do alcance em lactentes pré-termo tardios e a termo

Processo: 17/19577-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Eloisa Tudella
Beneficiário:Giovanna Laura Neves Antonio
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Neuropediatria   Lactentes   Recém-nascido prematuro   Postura   Tronco (anatomia)

Resumo

O alcance é considerado de extrema importância para o desenvolvimento motor, cognitivo, perceptual e social e sua aquisição permite ao lactente uma maior exploração, manipulação e experiência do ambiente durante os primeiros meses de vida. Lactentes pré-termo, porém, podem apresentar atraso na emergência e na funcionalidade do alcance quando comparados a lactentes a termo. O objetivo deste estudo longitudinal é verificar a influência de diferentes posturas sentadas nos ajustes proximais e distais do alcance, e identificar o nível de controle do tronco. Serão avaliados lactentes pré-termo tardios entre 6 e 8 meses de idade corrigida e lactentes a termo entre 6 e 8 meses de idade. Na avaliação do alcance, os lactentes serão posicionados sentados em anel e 90º de flexão, e um objeto rígido será apresentado em 3 direções: na linha média do tronco do lactente, e a 45º à direita e à esquerda. As variáveis dependentes serão a frequência de alcance, ajustes proximais (uni e bimanual), ajustes distais (orientação da palma da mão e abertura da mão) e preensão (alcances com ou sem preensão). Para avaliar o controle motor dos lactentes será utilizada a escala Alberta Infant Motor Scale (AIMS) e para avaliar o nível de controle de tronco a Assessment of Trunk Control (SATCo). Espera-se que os lactentes pré-termo tardios apresentem alcance mais funcional (mão aberta, verticalizada e com preensão) na postura sentada em anel pela maior base de apoio, a qual permitirá ao lactente maior estabilidade de tronco. Espera-se que lactentes pré-termo também apresentem atraso tanto na funcionalidade do alcance como no nível de controle de tronco em comparação com os lactentes a termo. (AU)