Busca avançada
Ano de início
Entree

Toxicidade de sedimentos sob influência do emissário submarino de Santos utilizando o anfípode marinho Parhyale hawaiensis

Processo: 17/22010-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Gisela de Aragão Umbuzeiro
Beneficiário:Gabriel Rampazzo Magalhães
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia (FT). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/12115-3 - Determinação de genotoxicidade utilizando o ensaio cometa em organismos marinhos, BE.EP.IC
Assunto(s):Emissários submarinos   Toxicidade   Toxicidade aguda   Ecossistemas marinhos   Conservação dos recursos naturais

Resumo

Um dos destinos utilizados para o descarte de efluentes nas regiões litorâneas são os oceanos, visto que estes dispõem de uma natural capacidade de depuração. No Brasil, o Emissário Submarino de Santos é considerado um dos principais emissários do país, com uma vazão de até sete mil litros por segundo, no qual atende às cidades de Santos e de São Vicente. Entretanto, a prática de lançamento de efluentes nos oceanos pode acarretar em impactos negativos para a biota aquática, uma vez que os tratamentos empregados não são adequados e muitos contaminantes podem atingir as águas e sedimentos. Sabendo-se da possibilidade de que impactos negativos sejam gerados à vida marinha devido à ação dos efluentes lançados, este trabalho tem por objetivo realizar testes de toxicidade aguda com o anfípode marinho Parhyale hawaiensis com amostras de sedimento sob influência do emissário submarino de Santos, em virtude deste ser um crustáceo autóctone e utilizado como organismo-modelo. Serão realizadas coletas em quatro pontos distintos e serão avaliadas amostras de água intersticial, elutriato e extrato orgânico dos sedimentos. Esta pesquisa poderá ser utilizada para contribuir com a análise dos impactos dos efluentes despejados no ambiente marinho, além de agregar informações para a proteção da vida presente neste meio. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VACCHI, I, FRANCINE; DOS SANTOS, AMANDA; ARTAL, MARIANA C.; MAGALHAES, GABRIEL R.; DE SOUZA VENDEMIATTI, JOSIANE A.; UMBUZEIRO, GISELA DE ARAGAO. Parhyale hawaiensis as a promising alternative organism for monitoring acute toxicity of sediments under the influence of submarine outfalls. Marine Pollution Bulletin, v. 149, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.