Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese verde e avaliação de nanopartículas de ferro baseadas em Trichoderma harzianum visando aplicação na agricultura

Processo: 17/20932-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Renata de Lima
Beneficiário:Natalia Bilesky José
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade de Sorocaba (UNISO). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Genotoxicidade   Citotoxicidade   Nanotecnologia   Nanopartículas

Resumo

A produção de nanomateriais aplicado a área agrícola é uma realidade, esta traz consigo possibilidades de aplicação da nova tecnologia como uma promessa para a solução de problemas e consequente melhor rendimento das culturas. A utilização de nanopartículas metálicas visando controle de patógenos é recente e um dos problemas levantados seria em relação a sua toxicidade tanto para o ambiente como para os organismos. Desta forma, visando menor toxicidade existe a proposta de utilização de nanopartículas biogênicas, as quais apresentam um capping composto por moléculas provenientes do organismo redutor. As nanopartículas de ferro apresentam baixa toxicidade, o que permite sua aplicação no ambiente e o micoparasita Trichoderma harzianum é um fitopatógeno utilizado no controle biológico que além do combate a pragas traz às lavouras outros benefícios, porém este enfrenta os mesmos problemas de sensibilidade que outras espécies utilizadas no controle de pragas. Baseados no exposto o projeto aqui apresentado propõe realizar a síntese de nanopartículas de ferro biogênicas utilizando o filtrado de Trichoderma harzianum como agente redutor e estabilizante com a finalidade de aplicação no controle da Sclerotinia sclerotiorum. O projeto visa além da síntese a caracterização das nanopartículas, a avaliação da toxicidade das mesmas sobre diferentes linhagens celulares e microrganismos de importância agrícola e os seus efeitos sobre a cultura da soja. A importância deste trabalho se deve à necessidade de se desenvolver soluções que sejam eficazes para o controle de fitopatógenos e reduzam os impactos ambientais, contribuindo para a garantia da alimentação e da saúde. (AU)