Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças climáticas e seus impactos na cultura da mandioca no semiárido brasileiro e estratégias de manejo para mitigação das perdas

Processo: 17/21745-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Agrometeorologia
Pesquisador responsável:Paulo Cesar Sentelhas
Beneficiário:Paola de Figueiredo Bongiovani
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/12429-5 - Calibração e avaliação do modelo de mandioca CSM-CROPSIM-Cassava para o semiárido brasileiro, BE.EP.MS
Assunto(s):Manihot esculenta   Mandioca   Mudança climática   Adaptação ambiental   Zonas semi-áridas   Prevenção e mitigação

Resumo

A mandioca é uma das culturas mais importantes nos países tropicais. Ela tem sido cultivada como cultura estratégica nas regiões semiáridas, devido à sua tolerância ao déficit hídrico. Considerando as previsões de mudanças nas condições climáticas e atmosféricas, é imprescindível compreender como a produção de mandioca pode ser afetada nestas regiões, de modo a antecipar ações cruciais que previnam e/ou atenuem possíveis impactos e preparem a população para lidar com futuras mudanças. O objetivo deste projeto é calibrar e avaliar o modelo de simulação da cultura da mandioca DSSAT CROPSIM-Cassava e aplicá-lo para avaliar os impactos dos cenários de mudanças climáticas na produtividade dessa cultura na região do Semiárido Brasileiro (SAB), de modo a identificar e analisar medidas de mitigação desses efeitos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.