Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel do microRNA-22 na adipogênese e processo de browning do tecido adiposo na obesidade induzida pela dieta rica em gordura

Processo: 17/26528-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Gabriela Placoná Diniz
Beneficiário:Vanessa Morais Lima
Supervisor no Exterior: Da Zhi Wang
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : Harvard University, Boston, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/01558-6 - Papel do microRNA-22 na adipogênese e processo de browning do tecido adiposo na obesidade induzida pela dieta rica em gordura, BP.PD
Assunto(s):Tecido adiposo   Adipogenia   Obesidade   Metabolismo

Resumo

Nas últimas décadas a obesidade aumentou a um ritmo alarmante em todo o mundo, inclusive no Brasil. O excesso de tecido adiposo é o principal fator de risco associado ao desenvolvimento de diversas patologias que acometem os obesos, incluindo diabetes do tipo 2, dislipidemia e doenças cardiovasculares. Por muito tempo, o tecido adiposo branco foi descrito como um tecido de reserva de energia. Por outro lado, o tecido adiposo marrom apresenta ações opostas às exercidas pelo tecido adiposo branco devido à sua elevada atividade termogênica. No entanto, diversos estudos recentes revelaram que células do tecido adiposo branco podem, após determinados estímulos, se diferenciar em adipócitos bege e marrom, através do processo de "browning", resultando em aumento do consumo de energia e redução do risco de doenças metabólicas associadas à obesidade. Nesse sentido, diversos estudos realizados na última década visam identificar os mecanismos envolvidos no processo de "browning" do tecido adiposo branco no intuito de desenvolver novas estratégias de tratamento das doenças associadas à obesidade.Paralelamente, diversos estudos revelaram que numerosos miRNAs estão diretamente envolvidos em inúmeras alterações metabólicas, como resistência à insulina, dislipidemia, adipogênese e processo de "browning". De fato, recentemente nós observamos que a expressão do miRNA-22 está aumentada no tecido adiposo epididimal de camundongos obesos, e que a perda do miRNA-22 é capaz de atenuar o ganho de tecido adiposo induzido pela dieta rica em gordura (Processo FAPESP: 2015/21859-5, Diniz, et al. 2017). Entretanto, os possíveis mecanismos pelos quais o miRNA-22 contribui para o aumento de tecido adiposo induzido pela obesidade não estão totalmente esclarecidos. Nesse sentido, o presente projeto tem por objetivo caracterizar a contribuição do miRNA-22 na adipogênese e no processo de "browning" do tecido adiposo in vitro e in vivo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.