Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias de desenvolvimento em questão: o papel do Estado no Brasil e no México (2000-2013)

Processo: 17/17481-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Pesquisador responsável:Alexandre Macchione Saes
Beneficiário:Ricardo Neves Streich
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História econômica   História comparada   Estado (unidade da federação)   Governantes   Bolsa de mercadorias   México   Brasil

Resumo

O objeto principal desta pesquisa é a comparação entre as estratégias de desenvolvimento adotadas pelos governantes do Brasil e do México no período de 2000 até 2013. Trata-se, pois, de acompanhar - pontuando semelhanças e diferenças, através do método comparativo - as estratégias e os discursos sobre as práticas político-econômicas de governantes com distintas posições acerca do papel do Estado na economia: liberal (México) e intervencionista (Brasil). Por fim, as semelhanças e diferenças das estratégias de desenvolvimento serão analisadas tanto em um contexto favorável no cenário econômico internacional (boom das commodities) quanto em um período de crise internacional (após 2008), o que jogará luz às possibilidades e limitações proporcionadas/impostas pela conjuntura econômica às ações dos governantes no período. (AU)