Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção e caracterização de nanofibras poliméricas baseadas em fibroina de seda utilizando a técnica de fiação por sopro em solução

Processo: 17/22172-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Luiz Henrique Capparelli Mattoso
Beneficiário:Amanda Rinaldi Sorigotti
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Engenharia tecidual   Tecidos suporte   Biopolímeros   Biomateriais   Polímeros (materiais)   Nanofibras

Resumo

Recentemente, a produção e a aplicação de nanofibras (bio)poliméricas vêm ganhando destaque em diversos setores, sobretudo na área biomédica. A redução do diâmetro das fibras à escala nanométrica, alta razão de aspecto e área superficial específica e, em alguns casos, elevada porosidade, viabilizam a interação destas com o meio biológico em que estão inseridas, de forma a direcionar a interação entre as células e o ambiente que as circunda. A técnica de fiação por sopro em solução (SBS, do inglês solution blow spinning) combina elementos conceituais da eletrofiação e fiações de polímeros no estado fundido e em solução, permitindo a produção de fibras nas escalas micro e nanométricas, sem necessitar do uso de elevadas temperaturas ou voltagens elétricas. As fibras produzidas por SBS possuem elevado potencial de aplicação na área biomédica, pois apresentam ampla compatibilidade com tecidos vivos, porém é preciso que os materiais processados também satisfaçam esse requisito. Neste sentido, polímeros naturais como polissacarídeos e polipeptídeos apresentam-se como candidatos devido à excelente biocompatibilidade e processabilidade. Dentre eles, nanofibras de fibroína, proteína extraída da seda, possuem enorme potencial como biomaterial em função da biodegradabilidade, baixa reação inflamatória e elevada resistência ao desenvolvimento microbiano. Em vista disso, objetiva-se neste projeto produzir e caracterizar nanofibras poliméricas baseadas em fibroína de seda através da técnica de SBS, visando-se aplicações biomédicas, como scaffolds em engenharia de tecidos, o que propõe-se como desdobramento da produção e caracterização das nanofibras produzidas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.