Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinando a função de miRNAs circulantes conservados e enriquecidos no tecido adiposo no envelhecimento e acúmulo de triacilglicerídeos em Drosophila melanogaster

Processo: 17/24161-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 04 de abril de 2018
Vigência (Término): 03 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Marcelo Alves da Silva Mori
Beneficiário:Henrique Camara
Supervisor no Exterior: Norbert Perrimon
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Harvard University, Boston, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/01339-2 - Desvendando Mecanismos de Controle da Longevidade por RNAs Móveis, BP.DR
Assunto(s):Drosophila melanogaster   Envelhecimento

Resumo

O envelhecimento, a obesidade e o consequente aumento de doenças crônicas associadas são sérios problemas de saúde pública. O tecido adiposo é um importante regulador do envelhecimento e da obesidade, e os miRNAs parecem ter papel fundamental neste processo. Quando a síntese de miRNAs é bloqueada no tecido adiposo, camundongos desenvolvem lipodistrofia e apesentam mortalidade prematura. O tecido adiposo é a principal fonte de miRNAs circulantes (ci-miRNAs) funcionais em camundongos e, potencialmente, em humanos o que suporta a possibilidade de que ci-miRNAs derivados do tecido adiposo participem da comunicação intercelular. De modo a determinar com maior detalhe a função de miRNAs do tecido adiposo no metabolismo de lipídeos e na longevidade, propomos avaliar a função de miRNAs conservados derivados do tecido adiposo no acúmulo de triacilglicerídeos e no tempo de vida utilizando Drosophila como organismo modelo. Também propomos avaliar os alvos moleculares destes miRNAs. Desta forma, pretendemos descrever novos mecanismos de regulação do armazenamento de lipídeos e produzir dados que suportem efeitos não autônomos de ci-miRNAs derivados do tecido adiposo na longevidade.