Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização mecânica, microestrutural e influência da espessura nas propriedades ópticas de zircônias monolíticas e dissilicato de lítio

Processo: 17/08411-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Gelson Luis Adabo
Beneficiário:Lucas Torres de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Resistência dos materiais   Resistência à flexão   Zircônio   Zircônia tetragonal policristalina estabilizada com ítrio (Y-TZP)   Difração por raios X   Propriedades ópticas

Resumo

O uso de zircônia (Y-TZP) como infraestrutura em restaurações totalmente cerâmicas é crescente na odontologia devido à sua alta resistência mecânica em comparação com outros sistemas cerâmicos e melhores propriedades biológicas em relação as metalocerâmicas. No entanto, a fratura coesiva ou lascamento da porcelana de cobertura é um problema que tem ocorrido com relativa frequência. No intuito de eliminar o uso da porcelana, foram desenvolvidas zircônias com maior translucidez, que assim como o dissilicato de lítio, são indicadas para o uso monolítico. Para alcançar estas melhores propriedades ópticas, alterações microestruturais tem sido realizada na zircônia, o que pode influenciar propriedades mecânicas. Assim, este estudo tem como objetivo realizar a caracterização mecânica e microestrutural de dois tipos de zircônia indicadas para uso monolítico (Prettau e Prettau Anterior) e um dissilicato de lítio (IPS e.max CAD), assim como avaliar as propriedades ópticas em diferentes espessuras. Além disso, compará-las com zircônia convencional (Vita In-Ceram YZ) e porcelana CAD/CAM (Vita). Para caracterização mecânica dos materiais, serão confeccionados discos (12 mm de diâmetro, 1,2 mm de espessura) (n=30) para o ensaio de resistência à flexão biaxial (piston on three-balls) em máquina de ensaios universal (EMIC DL 2000). O módulo de Weibull será calculado pelos valores de resistência à flexão e será mensurado a confiabilidade e probabilidade de falha dos materiais. A determinação e quantificação das fases cristalinas das cerâmicas, será realizada por difração de raio-X. Microscopia eletrônica de varredura (n=3) será realizada para quantificar a fase vítrea e cristalina no dissilicato de lítio e para mensurar o tamanho médio dos grãos na zircônia. Para as propriedades ópticas, serão avaliadas a transmitância e refletância nos comprimentos de onda de 360-740 nm, dos espécimes variando as espessuras (0,5 mm, 1 mm e 1,5 mm). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LONGHINI, D.; ROCHA, C. O. M.; DE OLIVEIRA, L. T.; OLENSCKI, N. G.; BONFANTE, E. A.; ADABO, G. L. Mechanical Behavior of Ceramic Monolithic Systems With Different Thicknesses. Operative Dentistry, v. 44, n. 5, p. E244-E253, SEP-OCT 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.