Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento do sistema embarcado de liberação autônoma de ovos avulsos parasitados BioBOT para Aeronaves Remotamente Pilotadas - ARP

Processo: 17/25251-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos
Pesquisador responsável:Fernando Garcia Nicodemos
Beneficiário:Helosman Valente de Figueiredo
Empresa:NCB Sistemas Embarcados Ltda
Vinculado ao auxílio:16/22572-4 - BioBOT: desenvolvimento de um novo equipamento para liberação autônoma de ovos parasitados através de aeronaves remotamente pilotadas, AP.PIPE
Assunto(s):Agricultura de precisão   Controle biológico   Pilotagem de aeronaves   Veículos guiados remotamente   Sistemas embarcados   Desenvolvimento de software

Resumo

O processo atual de liberação, através de sua forma mais intuitiva, é realizado através da distribuição manual de pequenos pedaços de papelão em faixas paralelas, com intervalos pré-definidos dentre cada faixa, de modo a garantir a cobertura da área desejada (trechos ou na totalidade). Um primeiro nível de automação foi gerado com a disponibilização do produto Sistema Embarcado de Controle Biológico Automático (SECa-BuG), que opera comercialmente em motos e aeronaves agrícolas. O projeto visa o desenvolvimento do BioBOT para Aeronaves Remotamente Pilotadas - ARP, uma atualização do SECa-BuG. Requer o desenvolvimento do algoritmo de controle e implementação em hardware prototipado, valendo-se da disponibilidade de sistemas operacionais de tempo real embarcados open-source (Ex.: RTEMS). O desenvolvimento de software embarcado aplicativo em ambiente de tempo real envolve características de projeto em ambiente multitarefa, diferentes da abordagem estruturada usual. O projeto de um sistema com essas características requer conhecimentos aprofundados de programação em linguagem C/C++. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.