Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise global da matriz extracelular glomerular enriquecida de fetos pré-termo de mães normoglicêmicas e hiperglicêmicas usando espectrometria de massas aplicada à análise proteômica

Processo: 17/26785-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 30 de agosto de 2018
Vigência (Término): 29 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Telma Maria Tenório Zorn
Beneficiário:Mychel Raony Paiva Teixeira Morais
Supervisor no Exterior: Rachel Lennon
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Manchester, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:15/03525-2 - Efeitos do diabetes do tipo 1 na reprogramação fetal com enfoque na matriz extracelular glomerular em modelo de camundongos, BP.DR
Assunto(s):Hiperglicemia   Proteômica   Proteoma   Matriz extracelular

Resumo

A hiperglicemia materna é a causa primária do estresse embrionário em gestações diabéticas, sendo implicada também em alterações durante o desenvolvimento renal. Nos últimos anos, os mecanismos funcionais da reprogramação do desenvolvimento dos rins têm sido amplamente estudados, no entanto, ainda existem poucas informações relacionadas às alterações da matriz extracelular glomerular durante o desenvolvimento desse órgão num ambiente hiperglicêmico in vivo. Nosso grupo tem investigado como a hiperglicemia materna severa afeta a nefrogênese e a matriz extracelular (MEC) glomerular em fetos pré-termos num modelo de gestação complicada por diabetes tipo 1 em camundongo. Por meio de análise estereológica, estudo da expressão gênica e imuno-histoquímica, temos observado que fetos de mães diabéticas apresentam alterações na microarquitetura renal similar às observadas em indivíduos com nefropatia diabética, tais como hipertrofia corpuscular, acúmulo de glicoproteínas de matriz e reduzida quantidade de proteoglicanos de heparam-sulfato na MEC glomerular, espessamento da membrana basal glomerular e desorganização dos pés terminais dos podócitos (dados não publicados do projeto de doutorado em andamento, processo 2015/03525-2). Recentemente, os métodos de análise proteômica global vêm sendo empregados para estudar a composição de MEC tecido-específicas a nível de análise biológica. Estudos usando espectrometria de massas aplicada à análise proteômica provaram que a matriz glomerular é um nicho muito mais complexo do que havia sido descrito antes. Sendo assim, a investigação especificamente do proteoma da MEC glomerular de fetos de mães diabéticas deverá ajudar a caracterizar melhor as alterações de sua composição proteica, e entender a melhor a provável desregulação da MEC glomerular como um mecanismo de reprogramação do desenvolvimento renal. Portanto, a fim de complementar a nossa investigação, esse projeto propõe definir e comparar o proteoma da MEC glomerular enriquecida de fetos de camundongo pré-termos (19 dias de desenvolvimento) de ambas mães normoglicêmicas e hiperglicêmicas usando espectrometria de massas aplicada à análise proteômica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NAYLOR, RICHARD W.; MORAIS, MYCHEL R. P. T.; LENNON, RACHEL. Complexities of the glomerular basement membrane. NATURE REVIEWS NEPHROLOGY, v. 17, n. 2 AUG 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.