Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização estrutural, funcional e análise da resposta imune in vivo de uma serinoprotease recombinante de Crotalus durissus collilineatus modificada por PEGlação

Processo: 16/04761-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Eliane Candiani Arantes Braga
Beneficiário:Ernesto Lopes Pinheiro Junior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/23236-4 - Toxinas animais nativas e recombinantes: análise funcional, estrutural e molecular, AP.TEM
Assunto(s):Resposta imune   Serina proteases   Crotalus durissus   Venenos de origem animal

Resumo

As serpentes pertencentes ao gênero Crotalus são classificadas, filogeneticamente, como pertencentes à superfamília Colubroidea, família Viperidae e subfamília Crotalinae. Fazem parte deste gênero aproximadamente 29 espécies e, na América do Sul, os exemplares encontrados são representados pela espécie Crotalus durissus. Entre os constituintes da peçonha destas espécies, encontra-se uma alta concentração de crotoxina, toxina majoritária da peçonha, com ação neurotóxica, além de metaloproteases, serinoproteases, fatores de crescimento, entre outros compostos. As serinoproteases de peçonhas de serpentes são capazes de afetar o sistema hemostático de suas vítimas, dada a semelhança destas toxinas com enzimas endógenas, presentes nas vias de ativação do sistema de coagulação, fibrinólise e agregação plaquetária. Desta maneira, são consideradas como promissores agentes terapêuticos, além de ferramentas biotecnológicas. A expressão de toxinas em sistemas heterólogos é um processo importante na transição de toxina a agente terapêutico, uma vez que possibilita a obtenção destas biomoléculas em quantidades suficientes para estudos mais aprofundados e, possivelmente, comercialização do novo biofármaco. Por outro lado, é conhecida a imunogenicidade desencadeada pela administração de proteínas exógenas em diversos organismos, ocasionando a destruição do biofármaco e, consequentemente, a perda de atividade terapêutica. A PEGlação, processo de modificação química no qual há a conjugação de polietilenoglicol (PEG) às proteínas, visa reduzir a velocidade deste processo e de diversos outros fatores envolvidos na degradação destas biomoléculas in vivo. Desta forma, o presente projeto propõe a purificação de uma serinoprotease de interesse biotecnológico da peçonha de Crotalus durissus collilineatus, bem como sua expressão em sistema heterólogo, purificação da proteína recombinante e conseguinte PEGlação, utilizando um derivado de PEG, denominado m-PEG-Maleimide. Estudos de caracterização bioquímica funcional e determinação da especificidade dos subsítios enzimáticos serão realizados visando a elucidação das propriedades funcionais destas enzimas. A resposta imune, desencadeada pela enzima nas suas formas recombinante e recombinante PEGlada, também será avaliada, a fim de determinar se a PEGlação desta biomolécula é capaz de reduzir a imunogenicidade in vivo. Adicionalmente, estudos in vitro envolvendo a ativação do sistema complemento pelas enzimas recombinante e recombinante PEGlada serão realizados. Em relação à caracterização estrutural, as estruturas tridimensionais da enzima nas formas nativa e recombinante serão propostas através de modelagem molecular, além da determinação dos seus diferentes padrões de glicosilações. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOLDRINI-FRANCA, JOHARA; PINHEIRO-JUNIOR, ERNESTO LOPES; ARANTES, ELIANE CANDIANI. Functional and biological insights of rCollinein-1, a recombinant serine protease from Crotalus durissus collilineatus. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 25, APR 8 2019. Citações Web of Science: 0.
AMORIM, FERNANDA GOBBI; CORDEIRO, FRANCIELLE ALMEIDA; PINHEIRO-JUNIOR, ERNESTO LOPES; BOLDRINI-FRANCA, JOHARA; ARANTES, ELIANE CANDIANI. Microbial production of toxins from the scorpion venom: properties and applications. Applied Microbiology and Biotechnology, v. 102, n. 15, p. 6319-6331, AUG 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.