Busca avançada
Ano de início
Entree

A montagem ecológica em linhagens centradas na Amazônia revela o papel das áreas úmidas na origem e manutenção da diversidade de árvores amazônicas

Processo: 17/22233-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 16 de abril de 2018
Vigência (Término): 15 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fitogeografia
Pesquisador responsável:Thiago Sanna Freire Silva
Beneficiário:Bruno Garcia Luize
Supervisor no Exterior: Christopher Dick
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Michigan, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:15/24554-0 - O papel das planícies de inundação na origem e manutenção da diversidade de espécies arbóreas na Amazônia, BP.DR
Assunto(s):Biodiversidade   Filogenia   Evolução

Resumo

A biodiversidade encontrada nos Neotrópicos tem intrigado cientistas por mais de um século. Avanços recentes em técnicas moleculares e no ferramental filogenético começam a prover novas pistas para os processos de diversificação nos biomas Neotropicais, como por exemplo a Amazônia. A nova evidência filogenética sugere que os padrões de diversificação dos clados neotropicais são profundamente influenciados por fatores ecológicos, enquanto efeitos geográficos podem ser de menor importância para explicar a atual diversidade de espécies. A falta de barreiras geográficas discretas ao longo da Amazônia permite que as espécies se tornem amplamente distribuídas. No entanto, longas distâncias separam populações que podem ficar isoladas umas das outras por gerações. Quando uma espécie está migrando pelas terras baixas da Amazônia encontra novas condições ambientais e edáficas as quais podem selecionar ecótipos em uma linhagem e direcionar a diversificação das espécies. Uma das características mais marcantes da paisagem Amazônica, desde o Paleoceno até o Holoceno, é a quantidade desproporcional de habitats de áreas úmidas ocorrendo na região. As condições hidrológicas extremas encontradas nas áreas úmidas podem ter tido um efeito pronunciado na seleção de nicho das espécies arbóreas. Nós temos como objetivo inferir os impactos de eventos de transição de habitat e dispersão na diversidade de árvores da Amazônia, focando para isso nas espécies de árvores da clado neotropical de Lecythidaceae. Nós vamos analisar como o nicho hidrológico tem evoluído entre as linhagens de Lecythidaceae usando uma árvore filogenética datada para o grupo e olhando mais a fundo para os nichos de espécies irmãs e as transições entre habitats de terra-firme e de área úmida nas áreas baixas da Amazônia. Após isso, nós vamos analisar o tempo dos nós da filogenia de Lecythidaceae para avaliar quando a adaptação para áreas úmidas evoluiu nos diferentes clados de Lecythidaceae. Nós esperamos produzir artigos científicos colaborando para complementar o conhecimento sobre a origem e manutenção da biodiversidade Neotropical.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Diversidade de árvores em áreas úmidas da Amazônia é três vezes maior do que o esperado 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.