Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodegradação dos pesticidas bifentrina e fipronil utilizados na cultura da laranja por bactérias

Processo: 17/24429-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Andre Luiz Meleiro Porto
Beneficiário:Juliana Galan Viana
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Biocatálise   Biodegradação   Cromatografia líquida de alta pressão   Bactérias   Micro-organismos   Agrotóxicos

Resumo

No Brasil a citricultura tem uma grande importância na economia do país, só na safra 2015/2016 as exportações brasileiras de suco de laranja concentrado somaram 1.080.938 toneladas. Neste contexto o uso de defensivos agrícolas na cultura da laranja se destaca, pois em 2016 o setor de defensivos agrícolas atingiu US$ 9,56 bilhões nas vendas no Brasil. Embora os pesticidas reduzam o impacto das pragas invasoras eles causam sérios problemas ambientais. Os defensivos agrícolas Bifentrina e Fipronil são amplamente utilizados na agricultura, principalmente na cultura da laranja. A Bifentrina é classificada como piretróide e é aplicada como formicida, apresentando pouca toxicidade ao homem (dose de referência aguda de 0,328 mg/ kg/ dia), mas ao ambiente apresenta-se como um produto altamente tóxico. O Fipronil é classificado como pirazol e é um formicida, apresentando-se como pouco tóxico ao homem (dose de referência aguda de 2,0 x 10-4 mg/ kg de peso corporal/ dia), mas altamente tóxico ao ambiente também. Diante disso, um estudo abrangendo a biodegradação desses defensivos agrícolas se mostra relevante, pois na biodegradação os microrganismos como as bactérias, por exemplo, são capazes de metabolizar poluentes orgânicos em produtos que podem não ser tóxicos, trazendo benefícios tanto do ponto de vista agrícola quanto ambiental. Este trabalho visa o estudo da biodegradação dos defensivos agrícolas Bifentrina e Fipronil utilizados na cultura da laranja por bactérias. As reações serão analisadas por Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) a partir do monitoramento da banda cromatográfica referente aos pesticidas. Posteriormente, se possível, serão propostas as rotas de biodegradação dos pesticidas em estudo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.