Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de dormir alto e treinar baixo em desempenho aeróbio e anaeróbio

Processo: 18/00701-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 02 de abril de 2018
Vigência (Término): 20 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Marcelo Papoti
Beneficiário:João Paulo Loures
Supervisor no Exterior: Nikolai Baastrup Nordsborg
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Copenhagen, Copenhagen, Dinamarca  
Vinculado à bolsa:16/14532-2 - Monitoramento da performance de atletas de alto nível a partir de parâmetros fisiológicos, BP.DR
Assunto(s):Altitude   Treinamento esportivo   Capacitação

Resumo

Existe Limitações do treinamento em hipoxia clássica e nesse sentido, mais recentemente, foi proposto "dormir alta e treinar baixo" (DATB) e neste modelo os atletas dormem em altitude e treinam em baixas. No entanto, pesquisas aeróbicas e anaeróbicas neste modelo de treinamento ainda é escasso. Assim, o objetivo principal deste projeto é investigar os efeitos dos parâmetros fisiológicos e desempenho aeróbico e anaeróbico após treinamento DATB. Para isso, 24 indivíduos fisicamente ativos serão divididos aleatoriamente em um grupo de controle, sem exposição a hipoxia (GN; n = 12), e no grupo, que realizará DATB, que será exposta a hipóxia durante o sono (GH; n = 12), o período de treinamento será de sete semanas. Todos os testes serão realizados unilateralmente e serão realizados utilizando um modelo dinâmico de extensão de joelho de uma perna, usando um cicloergômetro modificado (Monark 828; Monark Exercise AB, Vansbro, Suécia). No primeiro período (Dia 1), serão coletadas amostras de sangue e massa total de hemoglobina e, depois disso, dois testes incrementais. No segundo período (1º Dia), os esforços exaustivos serão realizados em 80 e 110% do VO2PICO. No terceiro período (Dia 2), seis esforços submáximos (3 com perna direita e 3 com perna esquerda) serão realizados, em intensidades de 30, 40 e 50W e duração de 7min. No quarto período (2º dia), os procedimentos do segundo período serão repetidos, alternando a perna que realizou as diferentes intensidades. Uma periodização para o tópico, além do caráter das ondas, com intensidades relacionadas à LAN e iVO2PICO, obtidas na primeira avaliação. A hipóxia será gerada (Everest Summit II TM) e transferida para tendas isobáricas (Portable Queen TentTM), onde os participantes permanecerão 10 horas.dia-1 durante o período de sono. Nessa condição, a hipóxia simula a altitude de 3000m (FIO2) de 14,5%. Será determinado parâmetros aeróbio (VO2PICO e lactato limiar [LAN]) e contribuição anaeróbia máximo de déficit de oxigênio acumulado (MAOD e MAODRED).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)