Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de inconsciência por eletroencefalografia - EEG no processo de abate em Bacalhao

Processo: 18/01584-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 09 de abril de 2018
Vigência (Término): 13 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Elisabete Maria Macedo Viegas
Beneficiário:Daniel Santiago Rucinque Gonzalez
Supervisor no Exterior: Johannes Wilhelmus Van de Vis
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Local de pesquisa : Wageningen University, Holanda  
Vinculado à bolsa:17/15364-9 - Avaliação de inconsciência, por meio de eletroencefalografia (EEG), no processo de insensibilização, por eletronarcose, percussão e anestesia para abate humanitário de Tilápia do Nilo, BP.DR
Assunto(s):Eletroencefalografia   Peixes   Piscicultura   Inconsciência   Bem-estar do animal

Resumo

INTRODUÇÃO: Recentemente, a OIE - World Organization for Animal Health, por meio do Código Sanitário dos Animais Aquáticos instaurou recomendações sobre o bem-estar de peixes cultivados, principalmente no transporte, insensibilização e abate de peixes destinados ao consumo humano (OIE, 2015). No Brasil, a hipotermia no gelo é o principal método usado no pré-abate nos frigoríficos de peixes (Oliveira Filho et al., 2014). Tal método é reconhecido por causar um prologando sofrimento, nas principais espécies de peixes, antes da perda da consciência (Lambooij et al., 2006; Lines et al., 2003;; Robb and Kestin, 2002; van de Vis et al., 2003). Durante o abate a maior preocupação com o bem-estar é evitar o sofrimento. Assim, a insensibilização é aplicada nos animais para induzir inconsciência e insensibilidade à dor, a qual deve durar o suficiente para garantir que o animal não retornará à consciência durante a sangria (Lambooij et al., 2008). A avaliação de inconsciência pode ser realizada por eletroencefalografia (EEG) (Robb et al., 2000) ou por meio da observação de indicadores comportamentais (Kestin et al., 2002). Deve-se notar que nenhuma conclusão firme sobre a perda de consciência pode ser feita apenas na observação do comportamento (Van de Vis e Lambooij, 2016). O objetivo do projeto é avaliar inconsciência por EEG considerando três métodos para o abate no Bacalhao do Atlántico.MATERIAL E MÉTODOS: Bacalhao do atlântico (Gadus morhua) (n=30) serão obtidos da Noruega. Os peixes serão alimentados dois dias antes do transporte. Para a recuperação do possível estresse, os peixes serão alocados em tanques de 4000 l a uma densidade de 14 kg / m³ (Erikson et al., 2012). Antes da insensibilização, os peixes de forma individual serão equipados com os eletrodos de EEG e eletrocardiografia (ECG). Para implantar os eletrodos, os peixes serão anestesiados localmente com Xilocaina®. Os eletrodos de EEG (10 mm comprimento e 1.5 mm de diâmetro; 55% prata, 21% cobre, 24% zinco) serão colocados através da pele e o crâneo: um eletrodo será posicionado a 0,3 cm à direita da sutura sagital um eletrodo 0,3 cm à esquerda e a 4 cm caudalmente à linha imaginária entre o campo exterior dos olhos. Os eletrodos de ECG (35 mm de comprimento e 1,5 de diâmetro) serão inseridos no subcutâneo, um caudal à nadadeira peitoral esquerda e um dorsalmente dolosamente ao primeiro eletrodo. O eletrodo "terra" para EEG e ECG será colocado no subcutâneo caudalmente à aleta dorsal. EEG e ECG serão registrados durante 30 s antes da insensibilização e constantemente até determinar a morte dos peixes (Lambooij et al., 2008). O Modulo de registro de dados A DI 720 será utilizado (Dataq Instruments, Akron, Ohio, USA). Estímulos dolorosos (e.x alfinetadas nos labios) serão realizados a 0,5, 1, 2, 3, 4, 5, 7 e 10 min após a insensibilização. Respostas comportamentais e EEG serão monitoradas desde o início de cada registro.Métodos de insensibilização: insensibilização elétrica, os parâmetros elétricos (tensão, corrente, tipo de onda, tempo de exposição à corrente) serão determinados com o objetivo de atingir uma imediata e irreversível inconsciência no Bacalhao do Atlântico. Percussão e anestesia, para a avaliação de inconsciência por percussão e anestesia não serão desenvolvidos experimentos. Registros de EEGs disponíveis na Wageningen Livestock Research obtidos previamente em outros estudos e com outras espécies ajudarão para a interpretação de este tipo de registro. IMPLICAÇÕES: a avaliação de inconsciência por meio do registro EEG garantirá que um método é efetivo para o abate humanitário de peixes. Além disso, o treinamento no registro de EEG ajudará na avaliação de inconsciência de espécies de interesse no Brasil. Tal registro ajudará na redação de normativas para o abate humanitário de peixes no Brasil.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.