Busca avançada
Ano de início
Entree

O periodismo e as origens da poesia de língua portuguesa em Macau (1863-1930)

Processo: 17/22008-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Helder Garmes
Beneficiário:Duarte Nuno Drumond Braga
Supervisor no Exterior: Rogério Miguel do Deserto Rodrigues de Puga
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Centre for English, Translation, and Anglo-Portuguese Studies (CETAPS), Portugal  
Vinculado à bolsa:14/00829-8 - Literaturas em trânsito: deslocamentos entre Goa, Macau e Portugal em obras literárias de língua portuguesa (1951-1975), BP.PD
Assunto(s):Poesia   Colonialismo   Portugal   Macau   Língua portuguesa

Resumo

Propõe-se realizar uma investigação em bibliotecas de Portugal (e em Macau, como complemento) de modo a identificar poemas em língua portuguesa, e seus autores, em 10 jornais publicados em Macau entre 1863 e 1930 e constantes nesses acervos em microfilme e/ou em papel. Visa levantar elementos bio-bibliográficos relativos a esses poetas, hoje desconhecidos e esclarecer condições de produção e de circulação de textos literários no enclave colonial português e outros pontos obscuros para a compreensão dos primórdios da Literatura de Macau em língua portuguesa, que é apresentada pela crítica sobretudo como fenômeno contemporâneo. A imprensa periódica, publicada em Macau em grande quantidade desde inícios do XIX, e enviada com regularidade para a ex-Metrópole, pode ser uma chave para o entendimento das origens dessa literatura, ao recuar até um período que tem sido menos trabalhado e incidindo luz sobre seus agentes macaenses (naturais), portugueses e outros. O resultado principal desta pesquisa consistirá em três artigos, acompanhados de material iconográfico e de transcrições dos textos recolhidos e de eventual documentação. (AU)