Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização físico-química, química e microbiológica de matérias orgânicos e compostos processados na máquina recicladora 5 ecos, no campo, e em ensaio de respirometria

Processo: 18/02570-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Mariana Helena Pereira
Beneficiário:Nadia Valério Possignolo Vitti
Empresa:5ecos Indústria de Máquinas e Equipamentos Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:17/00944-0 - Aceleração da fase de decomposição de processo de compostagem de lodos de esgoto e agroindustriais, visando o uso dos compostos orgânicos na agricultura, AP.PIPE
Assunto(s):Decomposição   Fertilizantes orgânicos   Compostagem   Matéria orgânica   Lodo   Respirometria

Resumo

A fim de avaliar os benefícios e a viabilidade do processo de compostagem acelerada em máquina recicladora de lixo 5ECOs confrontada com o processo de compostagem no campo serão coletas amostras dos materiais para acompanhamento do processo de decomposição e do processo de humificação. O processo na máquina recicladora 5Ecos será realizado na empresa situada na cidade de Americana, e as pilhas de compostagem serão montadas em uma unidade de pesquisa da APTA no distrito de Tanquinho, Piracicaba, que possui pátio de compostagem adequado de acordo com as normas para processos de compostagem tradicional. Um ensaio de respirometria será conduzido em laboratório com mesmos tratamentos realizados na máquina e no campo, no laboratório da APTA em Piracicaba, de modo a confrontar as taxas de degradação da mistura de 03 lodos (sanitário, agroindustrial e suinocultura) e 02 materiais estruturantes (poda de árvore de cidade e bagacilho/maravalha). O monitoramento dos processos de compostagem serão realizados por meio de análises físico-químicas (valores de pH, condutividade elétrica, CTC), análises químicas (teores de matéria orgânica, C, N, macro e micronutrientes de plantas e metais pesados), além da determinação de patógenos como coliformes termotolerantes e Salmonella sp que serão avaliados no laboratório da APTA, e ovos de helmintos e cistos de protozoários que serão avaliados em laboratórios contratados. A avaliação constante deste parâmetros permitirá tomar decisões rápidas quanto as ações que devem ser efetuadas na máquina revolvedora e no campo, além de definir com melhor precisão das diversas etapas do processo de compostagem. Tais determinações serão efetuadas por metodologias adequadas indicadas por órgãos agrícolas e ambientais e descritas no projeto principal. Tais avaliações, também, permitirão classificar os produtos gerados em substratos de plantas, condicionadores de solo, ou compostos orgânicos. (AU)